Comando Noticias– Seu Portal de Notícias em Indaiatuba - 17/01/2018

Publicado em: 13 janeiro 2018

Primavera e Vitória se reencontram com Neneca contra Luan; PM libera até 7 mil

Destaques das equipes estarão frente a frente na briga pelas oitavas de final no Gigante da Vila.

primavera vitória luan e neneca

HUGO ANTONELI JUNIOR

INDAIATUBA – O reencontro entre Esporte Clube Primavera e Vitória, da Bahia, pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Junior está marcado para a tarde deste sábado, dia 13, às 16 horas, com entrada gratuita. O duelo deve repetir um embate individual interessante.




O duelo de titãs das duas equipes será literalmente ataque contra defesa. O grande destaque da primeira fase da Copinha pelo Vitória é o atacante Luan. Cotado inicialmente para subir ao time principal, depois do bom desempenho diante dos olheiros brasileiros e estrangeiros, é pretendido pelo Barcelona da Espanha. Em entrevista ao Comando Notícia, Luan contou que se inspira em Neymar e Cristiano Ronaldo.

Se, por um lado, espera-se muito do camisa 10 da equipe baiana, o fantasma tem a aposta na defesa, tendo levado apenas um gol em quatro jogos. Protagonista nas cobranças de pênaltis da fase anterior, o goleiro Neneca é o antídoto do Primavera contra o eficiente ataque baiano. Ele defendeu duas cobranças contra o Vila Nova, de Goiás, colocando o fantasma na fase atual. Herói da classificação, Neneca quase parou de jogar por causa de uma lesão.

DUELO DE TITÃS

Coadjuvantes que podem brilhar

A tendência do campeonato conforme vai afunilando é que os jogadores estejam mais conhecidos, visados e, consequentemente marcados. Por isso, pode sobrar espaço para “coadjuvantes” brilharem. Eron, atacante do Vitória, marcou três gols na partida contra o Ituano, quando o time baiano venceu por 4 a 1 e “encostou” no artilheiro Luan, somando quatro gols na competição, um a menos do que o artilheiro da Copinha.

Pelo lado do Primavera são duas armas que podem ser usadas. A primeira é o décimo segundo jogador Weyderson Denílson dos Santos, camisa 7, atacante, conhecido como China. Habilidoso pelos lados do campo, mas também utilizado jogando pelo meio, ele pode ser uma surpresa na escalação para um time que deve vir para o contra-ataque.

Criticado nos últimos jogos, Matheus Urick, camisa 28, usa os um metro e oitenta e seis para servir de pivô, principalmente em um esquema que o utiliza como “falso 9”. Se conseguir segurar a bola na frente para a chegada dos homens pelas pontas e meio, pode ser muito útil.

primavera copinha10

PM limita público

Quem quiser assistir a partida, no entanto, precisará chegar mais cedo ao estádio Ítalo Mário Limongi porque a Polícia Militar, responsável pela segurança no local limitou o público até sete mil, depois os portões podem até ser fechados, como aconteceu no jogo entre Primavera e Atibaia no sábado (6). O estacionamento no entorno do estádio também é difícil para quem chega em cima da hora.

A informação sobre o limite de público foi confirmada pelo presidente do Primavera, Eliseu Marques. Ele afirmou que na partida em questão a torcida chegou a ter a soma de oito mil, de acordo com a própria PM, mas isso não deverá acontecer no jogo de hoje. Eliseu ainda afirmou ao Comando Notícia que não haverá telão do lado de fora do estádio porque qualquer estrutura do tipo também dependeria da aprovação da Polícia e isso está descartado no momento.

DSC_1288 cópia

Reencontro

Os times voltam a se enfrentar depois de terem sido do mesmo grupo na primeira fase. No confronto direto o Primavera levou a melhor, mas o time baiano, que marcou dez gols nos dois primeiros jogos, estava classificado e poupou alguns titulares. Desta vez o encontro vale vaga entre os 16 melhores times da competição. Quem vencer, avança às oitavas de final e fica a três jogos da grande final, marcada para o aniversário da cidade de São Paulo, 25 de janeiro, no Pacaembu.

primavera copinha7

Campanhas

O Primavera começou a Copinha vencendo o Globo, do Rio Grande do Norte, por 2 a 0, na quarta-feira (3). No sábado (6), perdeu para o Atibaia por 1 a 0. Na terça (9), enfrentou e venceu o Vitória por 1 a 0. Pela segunda fase, quinta-feira (11), empatou no tempo normal com o Vila Nova, de Goiás, e venceu nos pênaltis por 5 a 4.

O Vitória jogou nos mesmos dias do fantasma e marcou 14 gols em quatro jogos, começando pela goleada de 5 a 2 sobre o Globo. Contra o Atibaia a vitória foi de 5 a 0. Depois da derrota para o Primavera foi até Itu e venceu o Ituano por 4 a 1.

primavera copinha11

fotos: arquivo/Comando Notícia

Notícias relacionadas

Siga nossa página no facebook
error: Conteúdo Protegido!