CidadesJundiaí

Após apelo de mãe, pizzaria faz ‘pizza de borda’ para menino autista

Uma pizzaria de Jundiaí (SP) atendeu ao pedido de uma mãe e preparou uma “pizza de borda” para um menino autista.

Pietro Fernando Martins tem três anos e adora pizza, mas só come as bordas. Normalmente, a mãe dele, Tayná Fernanda Silva Martins, de 25 anos, tira o recheio para que o pequeno possa comer.

No entanto, há algumas semanas, ela e o marido, Iago Fernando Martins, tiveram a ideia de tentar uma coisa diferente: eles perguntaram ao atendente da pizzaria se era possível enviar somente a borda da pizza para Pietro.

“Nós sempre pedimos nesse lugar e pensei em tentar pedir para ver se era possível. Para minha surpresa, eles aceitaram com muita facilidade. No telefone, a atendente me pediu para esperar alguns minutos e, logo em seguida, já me disse que enviariam”, contou a mãe.

“Sempre peço pizza da Pizzaria Cantina Bela, e amoooo. Só como de lá, porém ontem fiz um pedido especial para meu filho que tem autismo, ele não come a pizza em si, come só a borda, e ontem liguei e perguntei se eles faziam só a borda, e expliquei que ele é autista e só come a borda, pois bem, olha o capricho que eles fizeram, e mandaram. E foi baratinho, mas lugares assim por favorrrrrr. O estabelecimento cobrou somente R$ 10 pela “pizza de borda”, mas fez a alegria do pequeno Pietro. “Foi incrível o que eles fizeram. Eles compreenderam quando expliquei sobre a condição do meu filho e, em nenhum momento, se negaram a fazer a pizza. Ficamos muito felizes”, disse Tayná.

A mãe resolveu divulgar a ação nas redes sociais e o post teve centenas de compartilhamentos. “Sinto que precisamos dar mais visibilidade para essa causa. São essas pequenas coisas que fazem a diferença no dia a dia de uma criança autista”, afirmou.

‘Não levam a sério’

Pietro com os pais, Tayná e Iago — Foto: Arquivo pessoal

Tayná contou que o diagnóstico de Pietro veio em janeiro deste ano e, desde que os pais começaram a notar os sinais, foi preciso fazer algumas adaptações.

“Ele é muito seletivo para comer, por exemplo. São poucas as coisas que ele come. Então, precisamos prestar muita atenção nas refeições e na alimentação dele.”

Apesar da pizzaria ter aceitado o pedido de Tayná, ela conta que esse tipo de ação é muito rara. “É difícil você encontrar um lugar que simplesmente faça esse tipo de coisa. Muitos deles não levam a sério o autismo. Acham que estamos brincando, mas não”, explica.

Segundo ela, um dos intuitos ao postar a foto nas redes sociais foi avisar outras famílias que passam pela mesma situação. “Sei que outras crianças também podem ser como o Pietro e, por isso, quero mostrar que essa pizzaria me levou a sério”, diz.

Pizzaria Cantina Bella, no terra da uva em Jundiaí.
#fikaadica
#autismo
#comorgulho
#pizzar

Com informações G1 Sorocaba e Jundiaí

Foto:arquivo Pessoal