Polícia

Após quase 4 horas, Bombeiros impedem homem de pular de árvore

HUGO ANTONELI JUNIOR

INDAIATUBA – Integrantes do Corpo de Bombeiros impediram um homem de 46 anos de pular de uma árvore de quase 20 metros na noite deste sábado (25), no desvio do pedágio, próximo à empresa Plastek.

Foram quase quatro horas de negociação, o Comando Notícia mostrou imagens ao vivo do início da movimentação e, exclusivamente, da descida dele. Após a descida, o homem foi socorrido pelos Bombeiros para o Pronto Socorro do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc).

Segundo a família que mora na mesma calçada onde está a árvore, ele chegou no local depois das 17 horas e subiu em uma garagem no quintal. Quando os Bombeiros chegaram, ele subiu na árvore. Houve tentativas de negociação no início, mas ele estava com fala confusa e pedindo pela família.

IMG_1667 cópia

Integrantes da Polícia Militar conseguiram falar com o filho dele, que serve ao exército e está no Rio de Janeiro. De acordo com ele, o pai é usuário de drogas e vem apresentando problemas após a separação. Sem os filhos, nem mulher, ele exigiu que um líder da igreja que ele frequenta, no Jardim Paulista, fosse ao local para que ele descesse.

Os policiais foram até a igreja, mas foram informados que ele não faz mais parte da comunidade, tendo tido problemas anteriores. A pedido dos Bombeiros, funcionários da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) cortaram a energia da rua e as negociações chegaram ao fim às 21h19.

DSC_3090 cópia

Após a descida, em conversa com o Comando Notícia, o bombeiro que fez a negociação afirmou o que motivou a tentativa de suicídio foram os problemas familiares e que usou a comoção para tirá-lo de lá. “Não podemos tentar tirar à força porque pode causar um trauma e ele tentar de novo. Prometemos ajudá-lo. Ele não quer mais ficar em Indaiatuba”, afirmou.

A ocorrência teve apoio de duas viaturas e um carro dos Bombeiros, uma do Grupo de Apoio Preventivo (Gap), da Guarda Civil e um integrante dos socorristas municipais.

foto: Hugo Antoneli Junior/Comando Notícia