campinasCidades

Barulho dentro do caixão assusta, e leva família a acionar Samu e Corpo de Bombeiros em Campinas

Familiares e amigos estavam velando o corpo de uma mulher na manhã desta segunda-feira (31), no cemitério Parque das Flores, em Campinas (SP), quando ouviram barulhos vindos de dentro do caixão, todos ficaram espantados com a situação, e por isso chamaram o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu).

De acordo com os socorristas do Samu – os primeiros a chegarem no local – o chamado da ocorrência dizia que a mulher estaria sendo velada viva depois de ter sido dada como morta, em decorrência do novo coronavírus. Eles teriam sido chamados após os funcionários do cemitério terem negado o pedido da família para que abrissem o caixão.

Antes mesmo de chegar ao local, os agentes foram informados pelos familiares de que a mulher de fato estava morta e de que tudo não teria passado de um mal entendido. Os parentes chegaram a abrir o caixão após escutarem os barulhos, mesmo não sendo recomendado, em caso de morte pelo coronavírus, por causa do riso de transmissão do vírus.

Mesmo com a informação da morte dada pelos familiares, os agentes do Samu foram até o local para se certificarem do óbito. Segundo explicou o médico que esteve junto na ocorrência, o barulho pode ter sido causado por gases que saíram do corpo da vítima e se concentraram no interior do saco, que foi usado para colocar o corpo dentro do caixão.

 

 

 

Fotos: Paulo Bernardino.