Polícia

Cai o número de acidentes de trânsito no Estado de São Paulo

O número de acidentes fatais de trânsito volta cair no Estado de São Paulo. Segundo o Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo, foram registrados 400 óbitos no mês de abril, queda de 15,1% na comparação com o mesmo período do ano passado (471 ocorrências).

O recuo dos índices foi observado em todos os modais de transporte e também em vias municipais e rodovias. É o terceiro mês consecutivo de reduções. No acumulado do ano, a queda é de 4,6% (1.605 vítimas fatais entre janeiro e abril contra 1.683 no mesmo período de 2018).

O Infosiga SP também aponta redução dos índices em 10 das 16 regiões administrativas do Estado. Em duas os índices permaneceram estáveis (Santos e Registro). Houve queda nas regiões Metropolitana de São Paulo (19%), Campinas (18%), Sorocaba (8%), São José do Rio Preto (18%), Bauru (40%), Central (26%), Presidente Prudente (43%), Araçatuba (60%), Franca (20%) e Itapeva (13%).

Houve aumento nos índices nas regiões de São José dos Campos (9%), Ribeirão Preto (6%), Marília (50%) e Barretos (75%). Entre os acidentes em que foi possível identificar com precisão o local da ocorrência, a maior parte aconteceu em vias municipais (55%), enquanto (45%) foram em rodovias. Acidentes fatais em ruas e avenidas tiveram redução de 16,2%. Nas rodovias que cortam o Estado, foi registrada redução de 8,9% nas ocorrências.

Regiõesabr/18abr/19variação
RM São Paulo148120-19%
Campinas9376-18%
Sorocaba4037-8%
S.J. Rio Preto3327-18%
Bauru106-40%
Central1914-26%
Pres. Prudente148-43%
Araçatuba156-60%
Franca108-20%
Itapeva87-13%
Santos23230
Registro770
S.J. Campos23259%
Ribeirão Preto16176%
Marília81250%
Barretos4775%

Modais

Os novos dados do Governo de São Paulo revelam que as reduções aconteceram em todos os modais de transporte. A mais expressiva foi entre os motociclistas (queda de 23,5%), com 127 ocorrências em abril deste ano contra 166 no mesmo período do ano passado. Entre os ocupantes de automóveis a redução foi de 12,1% (94 casos contra 107).

Fatalidades entre pedestres também seguem em queda (3%), com 128 ocorrências em abril deste ano contra 132 em 2018. Também houve redução de 8,6% nas fatalidades entre ciclistas, com 32 casos registrados (ante 35 em abril de 2018).

Perfil da vítima

O perfil da vítima de acidente no Estado é homem (81,5%), condutor do veículo (53,3%) e cerca de um quarto dos casos (22,5%) envolve jovens com idade entre 18 e 29 anos. Os acidentes estão concentrados no período da noite (49%) e nos finais de semana (42,5%).