Cidades

Campanha Papai Noel dos Correios já começou em Indaiatuba; adote uma cartinha

INDAIATUBA – A Campanha Papai Noel dos Correios 2017 já em todo o Brasil. Este ano, no interior de São Paulo, as cartinhas serão recebidas pelos Correios do dia 10 de novembro ao dia 8 de dezembro. Já os padrinhos poderão adotar as cartas e entregar os presentes nas agências dos Correios até o dia 15 de dezembro. Você pode ir até a agência dos Correios do Centro e adotar a sua cartinha, apadrinhando uma criança.

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa. Em Indaiatuba, no ano passado, foram recebidas 572 cartas dentro dos critérios, das quais 453 foram adotadas (cerca de 80% das cartas foram adotadas).

Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Podem participar crianças com até 10 anos de idade. As cartas devem ser manuscritas; é selecionada apenas uma carta por criança. Além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, a campanha contempla também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

É importante que a cartinha encaminhada aos Correios, além de obedecer os critérios exigidos, tenha o endereço correto da criança. Dessa forma, não se corre o risco dela não ser selecionada e não ser localizado o endereço ou a criança que escreveu ao Papai Noel, quando os Correios fizerem a entrega dos presentes.

Como resultado da iniciativa dos próprios empregados, a campanha se consolidou, ao longo dos últimos 28 anos, como uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios e de todo o país. Somente nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. Deste total, 261,4 mil cartinhas foram recebidas nas agências do interior do Estado de São Paulo, das quais 177,2 mil foram adotadas.

foto: Hugo Antoneli Junior/Comando Notícia