Polícia

Campinas: pai fica sem gasolina e PM dá carona para levar o filho à emergência

do G1 Campinas

Ver o filho chorando de dor e acabar o combustível do carro no meio do caminho até o hospital deixou o pintor Adenir Pereira da Silva, de 39 anos, desesperado nesta terça-feira (28). Morador da região dos DICs, em Campinas, ele seguia com destino ao HC da Unicamp para buscar socorro quando teve “pane seca” na Rodovia Anhanguera e acabou salvo por policiais militares. “Nem pensei e parei a viatura. Eles falaram que era mais perto levá-lo ao hospital da PUC e fui com eles, na viatura. Foi excepcional o que fizeram”, disse.

De acordo com o pai, o pequeno Heitor, que completou um ano nesta terça (28), estava na creche quando ele foi acionado. “O Heitor tem um probleminha em dos ouvidos, que causa dor e secreção, mas desta vez estava com os dois doendo. Na hora do pânico, pedi ajuda e deixei o carro onde estava. Vou voltar para pegar”, disse.

Segundo a Polícia Militar, os soldados Colombo e Gabriel ainda ajudaram o pintor a empurrar o carro para uma área segura, e os dois, pai e filho, foram levados pela viatura, com ajuda de sirenes e sinais luminosos, até o Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas.

Silva contou que passado o susto, ganhou nova carona dos PMs para buscar o carro e, com tudo resolvido, pode retornar para uma consulta do filho. “Agora ele está mais calmo, sem as secreções. Ainda vai passar por consulta, mas a ajuda dos policiais me deixou sem palavras”, completou.

foto: PM/divulgação