IndaiatubaPolítica

Comando Notícia entrevista doutora Mariana Castro, candidata a vice-prefeita de Indaiatuba

O Comando Notícia publicou uma matéria na última terça-feira (20) sobre o candidato a prefeito de Indaiatuba (SP), Gabriel Silva Gomes, mais conhecido como Gabriel da Protechtor (PTB), falando sobre ele não ter aceitado o nosso convite para uma entrevista. Na ocasião em que procuramos o candidato para enviar as perguntas da entrevista para a sua candidata a vice, doutora Mariana Castro (PTB), o mesmo deixou claro – via áudio de Whatsapp – que nem ele, nem ela, teriam interesse em conversar com o Comando Notícia.

Sendo assim, respeitamos sua decisão, e entendemos que o candidato falou pela candidatura e vontade de ambos; por isso publicamos apenas uma nota informando sobre o ocorrido, uma vez que a oportunidade deve, e foi dada para todos os candidatos a vice, igualmente.

Um dia depois, na quarta-feira (21), a candidata a vice-prefeita que disputa as eleições ao lado de Gabriel, procurou a nossa equipe dizendo que não havia sido consultado sobre tal decisão, e que gostaria sim, de conversar com o Comando Notícia. Mais uma vez, entendemos que como veículo de comunicação o nosso papel é dar oportunidade a todos; sendo assim, aceitamos fazer a entrevista com a candidata. Confira abaixo.

 

Entrevista 

Mariana de Castro Antunes Martins, tem 39 anos, é divorciada, advogada, professora universitária e palestrante. Mãe de dois filhos, Thomaz de 22 e Maria Raquel de 13 anos, irmã de Marcela e Maithe Castro, e filha de mãe dentista (falecida) e pai maestro; doutora Elaine e Marcelo.

Mariana concorre como candidata a vice-prefeita junto com Gabriel da Protecthor pelo PTB.

1.Comando Notícia (CN) -Como você recebeu o convite para ser vice?
Mariana Castro (MC)  – Estava em meu escritório quando fui procurada pelo Gabriel, confesso que fui relutante em aceitar, mas quando escutei a proposta que ele tinha para seu governo e como seria a aplicação do mesmo, me encorajei e aceitei desde que eu pudesse agregar ao projeto, então fechamos a parceria.

2.CN- Por que você aceitou ser candidata a vice-prefeita?
MC – Sempre fui criada envolvida em contextos sociais, minha mãe foi muito importante para a sociedade indaiatubana, e como forma de homenageá-la e dar continuidade a sua contribuição para nossa cidade, vi uma boa oportunidade de assim fazer. Ao aceitar, vi que poderia ajudar mais os munícipes de Indaiatuba e fazer diferente de tudo que já tivemos em nosso município, agregando valores e conhecimento técnico. Me sinto útil em saber que posso colaborar ainda mais pelo desenvolvimento de Indaiatuba na forma mais escutativa e laborativa.

3.CN – Para quem está perguntando, quem é Dra. Mariana Castro?
MC – Dra. Mariana Castro é mãe trabalhadora que tem suas mazelas como todas as demais, mas que busca ser o exemplo para todas as mulheres de que é possível ser alguém dotada de sabedoria e vitória. Mulher empoderada que luta diariamente contra o machismo incutido na sociedade retrógada, busca a valorização do feminino perante a sociedade de forma justa e igualitária. A mulher pode ser o que ela quiser, sim!

4.CN – Você é de Indaiatuba?
MC – Nascida em Indaiatuba no hospital Augusto de Oliveira Camargo, criada nesta cidade a qual chamo de minha, e tão somente por ser indaiatubana com orgulho, que busco fazer a diferença para a sociedade com muito amor e carinho.

5.CN – Qual é a sua relação com a cidade?
MC- Sempre fui engajada em diversas causas junto a sociedade indaiatubana. Viabilizando o judiciário, município, instituição de ensino e a sociedade, na busca de uma melhor e mais rápida solução para a disponibilização de tratamentos médicos, medicamentos de alto custo e acolhimento, de forma menos onerosa ao nosso município, menos litigante ao judiciário, de pronta solução a sociedade e, o melhor de tudo, usando a educação como instrumento persecutório. Bem como o projeto “Constelação no Judiciário”, que disponibiliza para a nossa sociedade a constelação familiar judicial para casos que houverem necessidade de um olhar mais humano entre as partes, resolvendo o litígio de forma efetiva e eficiente. Poucas cidades possuem esse serviço e o nosso terá também (porém por hora está suspenso devido a pandemia que vivemos).

6. CNQuando você conheceu o Gabriel da Protechtor ?
MC – Conheci o Gabriel no final do mês de agosto do corrente ano, quando fui procurada por ele e seu assessor com o convide honroso.

7.CN – O que Indaiatuba tem a melhorar?
MC – Indaiatuba é uma cidade maravilhosa, mas como tudo na vida está em constante mudança e em evolução, necessário se faz uma adaptação usual e aplicativa nos setores da administração pública. Não podemos deixar de falar sobre a inclusão social, principalmente dentro das unidades de ensino, lembrando que isso pode levar a sérios problemas psicológicos, de forma a contemplar todas as classes sociais e seus usuários. Para que isso possa ocorrer efetivamente é de extrema importância a aplicação de metodologias ativas setorizadas em conjunto com a sociedade. Esse é o meu desafio!

Foto: divulgação.