CidadesIndaiatubaPolítica

Comando Notícia não falará mais vagas de emprego no “Acorda, Indaiatuba”

HUGO ANTONELI JUNIOR – NOTA EDITORIAL

A partir desta quinta-feira, dia 6, o Comando Notícia não poderá mais falar das vagas de emprego do Posto de Atendimento ao Trabalhador (Pat) no programa “Acorda, Indaiatuba”, exibido ao vivo de segunda a sexta-feira, a partir das 6h40. Isso tudo porque houve uma mudança interna na divulgação das vagas. Antes, elas eram enviadas por e-mail aos veículos de comunicação entre 7 e 7h30, horário em que o Pat abre.

O Comando Notícia foi informado que não haveria mais a divulgação neste horário e que a divulgação passaria dos funcionários do Pat para a assessoria de imprensa da Prefeitura, que inicia os trabalhos – pelo que temos informação -, entre 8 e 9 horas, inviabilizando a divulgação de vagas no programa ao vivo. Nesta quinta-feira as vagas foram enviadas por e-mail às 10h12.

O Comando Notícia lamenta que, apesar das vagas estarem disponíveis desde às 7 horas, só sejam divulgadas mais tarde. Recebe com estranhamento a mudança brusca sobre a divulgação justamente na semana em que o novo programa estreou. Desde segunda (3) trouxemos as vagas ao vivo com os parceiros diretamente do Pat, por telefone. Mas isso foi barrado na quarta-feira (5) em uma decisão não se sabe de quem e nem as justificativas. Veja a nossa manifestação ao vivo a partir do minuto 29.

Entendemos que a demora na divulgação de vagas só prejudica o trabalhador indaiatubano que está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho ou uma nova oportunidade de ganhar a vida. É ainda mais lamentável que isso se coloque em um cenário que o Brasil tem mais de 13 milhões de desempregados, entre eles alguns indaiatubanos que procuram vagas diariamente. A divulgação gratuita, online e ao vivo ajuda nesta busca e a colocação de empecilhos nos pareceu um erro na parte de comunicação.

De qualquer forma o Comando Notícia reafirma seu compromisso com a liberdade de imprensa, de informação e de expressão com base nos artigos da Constituição Brasileira, conforme diz “a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição. Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação”. O nosso compromisso está em informar a população de Indaiatuba e não haverá nada e ninguém que possa impedir.

foto: reprodução/Comando Notícia