Comando Noticias– Seu Portal de Notícias em Indaiatuba - 11/12/2018

Publicado em: 06 dezembro 2018

Escorpião pica adolescente de 17 anos no Sesi Indaiatuba

Quando voltou para a sala, sentiu dores em uma das pernas e foi constatada a picada.

Um escorpião picou um adolescente de 17 anos dentro da escola Sesi, em Indaiatuba, nesta quinta-feira (6). Ele foi atendido e levado por uma ambulância do Corpo de Bombeiros para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), do Jardim Morada do Sol. O rapaz não precisou tomar o soro antiescorpiônico permaneceu em observação.

A assessoria de imprensa do Sesi informou que esta é a primeira vez que isso acontece na escola e que tratou-se de um caso isolado. A unidade escolar passa, de acordo com informações da comunicação, por duas limpezas diárias. A direção está em contato com a família do rapaz e presta toda a assistência necessária.

De acordo com testemunhas que conversaram com o Comando Notícia, o rapaz pode ter sido picado em uma atividade esportiva durante as aulas desta quinta. Quando voltou para a sala, sentiu dores em uma das pernas e foi constatada a picada. Por isso, o resgate foi chamado. Em todo o ano foram 13 ataques registrados, de acordo com o último balanço divulgado pela Prefeitura no mês passado.

Prevenção

De acordo com o Departamento de Vigilância Epidemiológica, os lugares mais propícios de surgimento de escorpião são: perto das casas, em terrenos baldios, velhas construções, entulhos, pilhas de madeira e lenha, tijolos, mato e lixo, além de saídas de esgoto e ralos. Dentro das casas, são frequentemente encontrados nos sapatos e pilhas de roupa.

  • Para prevenir o aparecimento do escorpião se possível crie galinhas, patos e gansos;
  • Não mate as lagartixas, sapos, corujas. Esses animais comem escorpiões;
  • Elimine baratas e grilos. Esses animais, assim como outros insetos, servem como alimentos para os escorpiões;
  • Não acumule lixo e entulho, eles atraem baratas e outros insetos. Coloque o lixo em sacos plásticos;
  • Agite roupas, sapatos e toalhas antes de usá-los. Não pendure roupas em paredes;
  • Elimine as frestas nas paredes, muros, pisos, tetos, janelas e portas. Proteja as soleiras das portas com borrachas ou sacos de areia. Vistoriar materiais de construção armazenados, guarda-roupas e armários;
  • Use telas ou mantenha fechados os ralos de pias e banheiros. Mantenha limpas e vedadas as caixas de gordura e esgoto.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Vigilância Epidemiológica: 3834-9016, ou Centro de Controle de Zoonoses: 3816-6666.

foto: arquivo/Comando Notícia

Notícias relacionadas

Siga nossa página no facebook

error: Conteúdo Protegido!