CidadesIndaiatuba

Estado libera pagamento de merenda para 116,3 mil estudantes na região de Campinas; veja como receber

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo inicia nesta quarta-feira (7) o pagamento da nova etapa do programa “Merenda em Casa” para cerca de 116,3 mil estudantes da rede estadual na região de Campinas. O valor do benefício, de R$ 55 por aluno, é destinado à compra de alimentos.

De acordo com a pasta, o programa é voltado às famílias em situação de pobreza e considera os dados registrados no CadÚnico. O benefício é pago por aplicativo onde, para se cadastrar, o usuário deve inserir e-mail, senha, foto pessoal e um documento de identidade.

A secretaria ressalta que os estudantes contemplados pelo programa ainda têm direito às refeições que estão sendo servidas nas escolas estaduais durante a pandemia. “As escolas estaduais continuam abertas para que seja servida a merenda escolar, e também para a entrega de materiais e do chip de internet”, informou, em nota.

Como receber o benefício?

  1. Pesquise por “PicPay” nas lojas virtuais Apple Store (para dispositivos iOS) ou Google Play (para dispositivos Android) e faça o download do aplicativo;
  2. Crie uma conta no PicPay com seu nome, CPF e data de nascimento;
  3. Valide sua identidade. O usuário receberá notificações no aplicativo pedindo o envio de uma selfie e uma foto do RG ou carteira de habilitação. A medida garante a segurança do usuário no aplicativo e a confirmação da família como beneficiária do programa;
  4. Após a confirmação da selfie e do documento, o benefício é creditado na conta PicPay do usuário.

Como comprar alimentos?

  • Não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24Horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional;
  • O subsídio de R$ 55 será disponibilizado até o último dia útil do mês, sem descontos de taxas;
  • Os beneficiários podem fazer pagamentos por meio do celular em mais de 2,5 milhões de estabelecimentos que aceitam PicPay. As lojas são identificadas por placas com o QR Code do aplicativo ou no próprio sistema de buscas da ferramenta digital.

Com informações: G1 Campinas

Foto: divulgação