IndaiatubaPolícia

Estupros de vulnerável crescem 175% em Indaiatuba de julho para agosto

HUGO ANTONELI JUNIOR

Um dos piores e mais revoltantes crimes que se pode registrar na delegacia teve um aumento assustador no mês de agosto. Foram 11 casos de estupro de vulnerável no oitavo mês do ano, quase três vezes mais do que o registrado no mês anterior, julho, uma alta de 175% em Indaiatuba (SP). No total do ano o estupro de vulnerável tem 49 casos.

Juntando com os casos que envolvem abuso de maiores de idade, os registros de estupro na cidade chegam a 63 casos, mantendo-se estável em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo os dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), divulgados nesta semana, a cidade teve um caso a menos neste ano do que em 2018.

No ano passado, Indaiatuba teve 83 registros nos 12 meses, sendo que a maioria envolve casos com menores de idade. Foram 59 estupros de vulnerável e 24 estupros envolvendo maiores de idade. Neste ano, até agora, foram 63 casos ao todo, 49 de vulneráveis e 14 de maiores de idade.

foto: arquivo/Comando Notícia