Cidades

Governo de SP faz operação contra combustíveis adulterados e fecha posto na capital paulista

O governo de São Paulo realizou nesta terça-feira (8) uma operação contra a venda de combustíveis adulterados em postos de gasolina. Um estabelecimento foi fechado na Vila Brasilândia, na Zona Norte de São Paulo.

O local já havia sido multado anteriormente e foi novamente autuado por comercializar gasolina adulterada na quantidade e na qualidade, além de apresentar irregularidades na documentação fiscal e emissão de cartão de crédito, segundo o governo.

A força-tarefa teve a presença do governador João Doria (PSDB) nesta manhã.

“Aumentamos as fiscalizações nos postos de combustíveis. Nós já realizamos mais de 10 mil fiscalizações e intensificamos, especialmente no período de setembro até agora.[…] Somente hoje, a força-tarefa está realizando fiscalização em 50 estabelecimentos”, disse Doria

De acordo com o governo, a “Operação Combustível Limpo” autuou 21 de 40 postos fiscalizados em seis cidades desde a sua criação, em outubro de 2021.

A força-tarefa envolve o trabalho de sete órgãos do governo: Secretarias da Justiça e Cidadania; Segurança Pública; Fazenda e Planejamento; Infraestrutura e Meio Ambiente; Saúde; Ipem-SP e Procon-SP.

Canais para denúncia

 

Caso o cidadão identifique algum estabelecimento que apresente irregularidades, a denúncia pode ser feita diretamente para a ouvidoria do Ipem-SP pelo telefone 0800-013-0522, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h, ou pelo email: [email protected]

Pelo site do Procon, também é possível registrar a denúncia: www.procon.sp.gov.br.

Por g1 SP 

 Foto: Cristina Boeckel