Polícia

Governo do Estado de SP incinera 7,5 toneladas de drogas

Nesta segunda-feira (21) o Governo do Estado de São Paulo promoveu a destruição de 7,5 toneladas de entorpecentes apreendidos durante ações da Polícia Civil na capital paulista. Os entorpecentes foram incinerados num forno de uma indústria siderúrgica no interior do Estado.

Desde o início do ano, mais de 70 toneladas de drogas já foram destruídas pelo Estado com a autorização da Justiça e acompanhamento da Vigilância Sanitária e do Ministério Público. Segundo o diretor do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), delegado José Aparecido Sanches Severo, assim que a droga é apreendida, é solicitada e concedida pela Justiça, de forma bem rápida, autorização para a incineração. “Compilamos essas autorizações e marcamos dia, hora e local”, explicou.

Nesta oportunidade foram incineradas 7,4 toneladas de maconha, 25,09 kg de ecstasy, 8,32 kg de cocaína, 24,5 kg tetracaína e cafeína (24,5 kg), bem como 11,79 kg de metilenodioximetanfetamina (MDMA), utilizado na preparação de drogas sintéticas.

Os entorpecentes foram recolhidos durante atividades deflagradas na capital paulista pela 2ª Delegacia Antissequestro do Departamento de Operações Especiais Estratégicas (Dope), 33º Distrito Policial (Pirituba) e 1ª e 3ª Delegacias de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Denarc.

Em todo o Estado, 119,4 toneladas de entorpecentes foram apreendidas pelas polícias paulistas nos oito primeiros meses deste ano. No mesmo período, as polícias Civil e Militar prenderam mais de 38 mil traficantes.

foto: Polícia Civil