CidadesIndaiatuba

Grafiteiro indaiatubano que foi à Nova Iorque é destaque no portal Kondzilla

Morador de Indaiatuba (SP) que foi aos Estados Unidos atrás do sonho de ganhar a vida com grafite, Rafael, ou Primo, como é conhecido, de 33 anos, é destaque nesta semana no portal Kondzilla, como uma história inspiradora de intercâmbio.

“É horrível viver longe da família, por mais que você fale todos os dias com eles. No caso da minha família, eles acreditam muito mais em mim do que eu mesmo, o que me faz não querer desistir nunca”. Mas você precisa fazer o que te satisfaz. “Faça o que te dê prazer, seja feliz em todas as circunstâncias e aprenda a valorizar o processo que as coisas levam para acontecer. Não deixe nunca de tentar”, diz Primo.

Ele que saiu do Brasil para conciliar o sonho de viver grafitando enquanto mantém outro trabalho em Nova York (Brooklyn). “Por mais sério que eu trate o grafite [como trabalho], ele ainda não me proporciona uma condição de viver somente disso. Desde o começo sempre tive uma profissão paralela”. Profissão e estilo de vida. “O Graffiti é meu lifestyle, minha terapia, minha diversão junto de mais um monte de coisas que eu curto fazer”.

Se você quer alcançar o sonho, o primeiro passo precisa ser dado e Primo mostra como foi pra ele. “Sempre fui rodeado de pessoas maravilhosas, tanto dentro de casa como na rua. Assim como eu, tem muitas pessoas que amam uma parada e são excelentes no que fazem mas por algum tipo de medo ou imaginação acreditam que tudo é muito distante e acabam deixando os sonhos em segundo plano”.

Pra quem largou tudo para ir atrás do sonho, nada seria fácil. “É muito duro, dá medo, a correria do dia a dia não é nada fácil, você acaba pensando mil fitas pra se jogar só que o primeiro passo precisa ser dado. Você tem que fazer por você, seu sonho jamais pode estar na mão de outra pessoa”, disse ele.

Confira a matéria completa clicando aqui.

foto: arquivo pessoal