IndaiatubaPolícia

Haitiano de 33 anos é assassinado em Indaiatuba

HUGO ANTONELI JUNIOR

Um haitiano de 33 anos morreu em Indaiatuba (SP) neste domingo (16). Ele chegou a ser socorrido por uma ambulância municipal para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), no Jardim Morada do Sol, mas morreu nesta manhã, segundo apurou o Comando Notícia. O corpo ficou na UPA até ser retirado para o Instituto Médico Legal (IML) regional de Campinas (SP) para exames que possam atestar a causa da morte.

A Polícia Civil trabalha na investigação do caso. A vítima tinha ferimentos nos ombros, no rosto e a suspeita é que pode ter sido uma morte violenta. Imagens de monitoramento podem ajudar a desvendar o que aconteceu, informa o delegado responsável, Danilo Amancio Leme.

O Comando Notícia apurou que o haitiano estava em Indaiatuba há cerca de cinco meses. Ele foi de bicicleta comprar um refrigerante em um mini mercado. A suspeita é que ele tenha sido assaltado. A vítima tinha comprado uma bicicleta no sábado (15).

Esta bicicleta, com a qual ele foi comprar o refrigerante, não foi encontrada. Também havia dinheiro no bolso dele que não foi encontrado. Além disso, ele foi socorrido perto dos eucaliptos, na rua Jacob Lyra, mas o mercado onde tinha ido fica distante dali. Por isso uma das linhas de investigação passa pelo crime de latrocínio. Se for confirmado, seria o segundo roubo seguido por morte neste ano em Indaiatuba.

foto: Reginaldo Rodrigues/Comando Notícia