CidadesIndaiatuba

Haoc continua com 6 internados com suspeita de coronavírus, três deles intubados

Nesta segunda-feira foi divulgado o primeiro resultado positivo para coronavírus em Indaiatuba. Trata-se de um homem de 36 anos, que apresenta sintomas leves e está em isolamento domiciliar desde o dia 20 de março. Portanto, não está entre estes casos que passaram por internação hospitalar. Todos os pacientes internados no HAOC que apresentam sintomas suspeitos de COVID-19 tiveram os exames encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz, sem resultados até o momento.

Monitoramento diário de pacientes internados que apresentam sintomas de síndrome respiratória:

• 3 em ventilação mecânica
• 3 em ventilação espontânea
• 0 óbito ou alta

São Paulo

O Estado de São Paulo chegou nesta segunda-feira (30) a 113 óbitos relacionadas ao novo coronavírus. Somente hoje 15 novas mortes foram confirmadas. Todas as novas vítimas da COVID-19 são da Grande São Paulo e foram atendidas em hospitais da rede privada de saúde. Um dos óbitos, um homem de 41 anos com comorbidades, é do município de Osasco. Os demais são da Capital, sendo oito mulheres (duas de 77; três de 83; 87, 92 e 93 anos) e seis homens (dois de 64, 90, 93, 100 anos, além de um jovem de 31 anos com comorbidade).

Segue em investigação, por parte da Prefeitura, o histórico dos jovens de 26 e 33 anos, cujas mortes foram confirmadas ontem. O levantamento busca saber se eles possuíam comorbidades, por exemplo. Até o meio da última semana, apenas a Capital paulista registrava óbitos relacionados à COVID-19. Porém, já há registro de pelo menos um óbito nos municípios de Vargem Grande Paulista, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Taboão da Serra, Embu das Artes, Sorocaba, Osasco e Ribeirão Preto. SP também registra também 1.517 casos confirmados.

Brasil

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 10h55 desta terça-feira (31), 4.683 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil. Nesta manhã, o governo do Amazonas confirmou a segunda morte no estado e em Minas Gerais também foi constatada a segunda morte pela doença. Com isso, chega a 167 o número de mortos pela Covid-19 no país. São Paulo registra 113 mortes e o Rio de Janeiro tem 18 casos fatais da doença. O governo do PA também atualizou os números nesta manhã e agora são 32 casos da doença no estado. Minas Gerais tem 275 casos confirmados e subiu para 10 o número de casos no Amapá.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março).

Mundo

O número de mortes diárias pelo novo coronavírus na Espanha voltou a subir nesta terça-feira (31), após uma leve queda na véspera. Nas últimas 24 horas, o país registrou 849 mortes – o mais alto desde o início da pandemia, anunciou o ministério da Saúde. O total de mortos por Covid-19 no país subiu para 8.189 e o número de casos diagnosticados supera 94,4 mil, com 9,2 mil contágios detectados nas últimas 24 horas, o que também representa o maior número em 24 horas desde o início da crise.

Já no mundo, de acordo com a universidade Johns Hopkings, em atualização das 11h20, chegou a 803 mil o número de contaminados. São mais de 39 mil mortes e mais de 172 mil pessoas recuperadas da doença desde o início da pandemia.

Os Estados Unidos têm 164 mil casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, número que representa o dobro do número da China, onde eclodiu a pandemia no fim de 2019. Mais de 3,1 mil mortes por complicações de Covid-19 foram registradas em território americano até esta terça. Quanto ao número de infecções, os EUA estão à frente de Itália (101 mil), Espanha (94 mil) e China (82 mil) e são o país com o maior número de pessoas que contraíram o novo vírus.

foto: divulgação