Cidades

Haoc tem 5 internados com suspeita de coronavírus; duas mortes suspeitas foram registradas

O HAOC informa que nesta terça-feira, dia 31 de março, ocorreram dois óbitos de pacientes que estavam internados com sintomas de síndrome respiratória, em ventilação mecânica (intubados). Os dois eram homens, um de 64 anos, e o outro de 45 anos, e estavam na unidade respiratória, local dedicado para atender exclusivamente casos suspeitos de coronavírus. Por apresentar sintomas de COVID-19, foram colhidos materiais para análise do Instituto Adolfo Lutz, sem resultados laboratoriais até o momento.

Nesta data ocorreu uma nova internação de paciente com síndrome respiratória, totalizando 5 internados. Destes:

  • 2 respiração mecânica
  • 3 respiração espontânea
  • 0 altas
  • 2 óbito
  • 0 transferência

Também hoje, a prefeitura de Indaiatuba confirmou o segundo caso positivo para a COVID-19 na cidade, de uma mulher de 39 anos que apresenta sintomas leves e, portanto, não passou por internação no HAOC. A Secretaria da Saúde informa, também, que há 91 casos aguardando resultado no município e 10 foram descartados.

Salto

A Prefeitura de Salto, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica/ Secretaria de Saúde, informa que no município foram NOTIFICADOS, 50 casos suspeitos de Covid-19. No momento, 46 aguardam os resultados dos exames pelo Instituto Adolfo Lutz. Quatro casos apresentaram resultado negativo. 10 pessoas estão internadas com suspeita de Covid-19. Do total de casos notificados, 40 foram registrados em Salto, e os demais (10) são residentes de outros municípios.

Estado de São Paulo

O Estado de São Paulo registra nesta terça-feira (31) 136 óbitos relacionadas ao novo coronavírus. Somente hoje 23 novas mortes foram confirmadas. Trata-se do maior aumento em números absolutos já registrado, com cerca de uma confirmação por hora, desde ontem.

Agora, são 13 cidades de SP com mortes, incluindo Campinas, no interior, e São Caetano do Sul, Santo André, Caieiras, na Grande São Paulo. Até o meio da última semana, apenas a Capital registrava óbitos relacionados à COVID-19. Entretanto, desde então, já ocorreu pelo menos um óbito nos municípios de Vargem Grande Paulista, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Taboão da Serra, Embu das Artes, Sorocaba, Osasco, e Ribeirão Preto, além dos 4 novos citados de hoje.

Os 23 novos mortos são 13 mulheres e 10 homens. Entre as vítimas femininas, duas eram adultas de 42 e 54 anos, com comorbidades que, assim como os idosos, representam grupo mais vulnerável a complicações da COVID-19. As outras onze mulheres tinham 69, 85, 86, 76, 84, 72, 64, 81, duas de 65 e 68. No grupo masculino, estão inclusos um de 43 anos com comorbidades e outros dez com idades de 66, 79, 86, 89, 68, 90, 83, 78 e 63. SP também registra também 2.339 casos confirmados, um aumento de 54% com relação ao dia de ontem.

Brasil

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 10h40 desta quarta-feira (1°), 5.830 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 203 mortes pela Covid-19. A última morte, confirmada no fim da noite de terça-feira (31), foi de um homem de 23 anos, no Rio Grande do Norte. Ele é a vítima mais jovem do coronavírus no Brasil até o momento. A maior parte das mortes foi registrada em São Paulo, com 136 vítimas, e no Rio de Janeiro, com 23.

Espanha

As autoridades espanholas de Saúde informaram nesta quarta-feira (1º) que, nas últimas 24 horas, a Espanha registrou 864 mortes por Covid-19. É o segundo dia seguido que o país ibérico tem um pico na contagem de mortos. O número é o mais alto para um dia, desde o início da pandemia de coronavírus. Na terça (31), a Espanha havia registrado 849 mortos, a maior cifra até então. Antes disso, o pico anterior foi no sábado (28), quando o país registrou 832 mortes.

Com ao menos 9.053 mortes, a Espanha é o segundo país no mundo que mais teve vítimas nesta pandemia de coronavírus, ficando atrás apenas da Itália que ultrapassou as 12,4 mil mortes. O governo espanhol informou também que, em 24 horas, detectou mais de 7,7 mil contágios da doença em seu território. Com isso, o número de casos diagnosticados supera os 100 mil.

Coronavírus: jornalista brasileiro fala sobre a rotina na pandemia

Coronavírus: jornalista brasileiro fala sobre a rotina na pandemia

Posted by Comando Notícia on Tuesday, March 31, 2020