Polícia

Incêndio atinge galpão de fábrica com madeiras no Santa Cruz

HUGO ANTONELI JUNIOR

INDAIATUBA – Um incêndio de grandes proporções atingiu uma fábrica de equipamentos ortopédicos no Jardim Santa Cruz na noite de quarta-feira (29). Duas viaturas do Corpo de Bombeiros combateram as chamas e o incêndio foi controlado por volta das 23h50. O Comando Notícia transmitiu imagens ao vivo do local.

De acordo com o inspetor da Guarda Civil Mário Sérgio Zombine, o proprietário tinha produtos para entregar na quinta-feira (30). “Ele nos disse que tinha encomendas para serem entregues amanhã. As causas, infelizmente, momentaneamente não dá para precisar antes da perícia ser feita no local”, afirmou.

Em entrevista ao Comando Notícia logo após o controle das chamas, o tenente Sócrates Guimarães Portela afirmou que dois caminhões e nove homens participaram da ocorrência. “Pelos meus cálculos, o galpão tem cerca de 1,5 mil metros quadrados e 80% do teto desabou. Como as chamas se concentraram mais ao centro, não há dano visível nas paredes, mas quem vai precisar isso com mais exatidão é a perícia”, diz.

DSC_3267 cópia

“O fato do material dentro do galpão ser madeira, obviamente, o fogo se alastrou com mais facilidade. Na parte mais crítica do incêndio, o combate às chamas durou 45 minutos. A nossa preocupação era que não se alastrasse para a vizinhança, inicialmente, depois focamos nas chamas”, revela.

“Nós acionamos Bombeiros da região para que ficassem alertas, mas depois vimos que não seria necessário. O trabalho de rescaldo deve durar umas duas horas pelo menos, porque por cima o fogo pode estar apagado, mas neste trabalho braçal, os bombeiros reviram o material para ver se não há focos embaixo”, encerra.

Difícil acesso

Antes de chegar ao local através do lava-jato Irmãos Sóster, na rua dos Indaiás, os Bombeiros tentaram chegar às chamas pelo pátio da Semurb, em frente ao cemitério Memorial, pela rua Primo José Mattioni, mas não obtiveram sucesso. Pelo lava rápido o acesso foi facilitado.

A Guarda Civil prestou apoio à ocorrência.

fotos: Comando Uno/Arnaldo Gonçalves/Comando Notícia