CidadesIndaiatuba

Indaiatuba se destaca entre municípios mais competitivos do Brasil

Indaiatuba novamente ocupa posição de destaque no Ranking de Competitividade dos Municípios, realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a Gove e a Seall. O estudo divulgado segunda-feira (22) coloca a cidade na 13ª posição entre os municípios paulistas e na 22ª posição no ranking nacional. Foram avaliados 411 municípios brasileiros com população superior a 80 mil habitantes e Indaiatuba se destacou em Qualidade da Educação, Qualidade da Saúde, Segurança e Sustentabilidade Fiscal.

A divulgação do ranking aconteceu na mesma semana em que Indaiatuba conquistou a primeira colocação na etapa nacional do Prêmio Band Cidades Excelentes, com o melhor Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA) geral entre municípios de 100 mil a 500 mil habitantes. “Com certeza, esta foi uma semana de boas notícias para Indaiatuba. Duas conquistas significativas que mostram que a cidade se mantém em um patamar diferenciado, com capacidade para atrair cada vez mais investimentos e oferecer serviços eficientes que garantem a qualidade de vida que nossos munícipes merecem”, declarou o prefeito Nilson Gaspar.

O grupo de cidades avaliadas pelo CLP soma 126,52 milhões de habitantes e representa 59,75% da população brasileira, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano de 2019.

Barueri e São Caetano do Sul, ambas em São Paulo, seguidas por Florianópolis, em Santa Catarina, ocupam as três primeiras posições no ranking. Na lista dos 100 municípios mais competitivos, 49 são do Estado de São Paulo e a grande maioria fica nas regiões Sul e Sudeste.

O objetivo do estudo é apoiar os líderes públicos brasileiros nas tomadas de decisões, com foco na melhoria da gestão das cidades. O estudo fornece as bases para um diagnóstico preciso e auxilia os líderes públicos na construção de políticas públicas assertivas, considerando que municípios bem administrados, com infraestrutura urbana adequada e onde os serviços públicos funcionam, são mais atraentes aos investimentos privados.

Esta é a segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios e foi composta por 65 indicadores, organizados em 13 pilares temáticos e três dimensões: instituições, sociedade e economia. O estudo da CLP incluiu indicadores que avaliam os municípios em relação às práticas de ESG, sigla em inglês para meio ambiente, social e governança, e de ODS, que são os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.

Com informações: Prefeitura de Indaiatuba

Foto: Arquivo-Eliandro Figueira RIC/PMI