Polícia

Justiça cumpre reintegração de posse no Rêmulo Zoppi

HUGO ANTONELI JUNIOR/NÚBIA ISTELA

INDAIATUBA – A Justiça cumpriu uma reintegração de posse na manhã de quarta-feira (8), na Rua José Borghezani, no Jardim Remulo Zoppi. De acordo com a Guarda Civil, que acompanhou o caso, uma briga judicial entre duas ex-esposas causou o despejo da antiga esposa da residência.

A defensora Maria de Lurdes, nomeada pela defensoria pública para representar a dona da casa, afirmou ao Comando Notícia que sua cliente era casada com um homem e que, juntos, eles compraram aquela casa. Depois, o homem se separou para casar-se com outra mulher.

Ela, então, saiu da casa, onde o ex-marido ficou morando com a nova esposa. Depois, mais recentemente, o homem abandonou a segunda esposa e mudou-se para a Bahia. Foi aí que a cliente da advogada pediu a casa de volta.

desintegração de posse4
Irmã da moradora da casa falou ao Comando Notícia

“Ela não tem renda e precisava deste imóvel que é seu por direito”, afirma a defensora. “A decisão é de setembro, mas eles não quiseram sair e chegou nesta situação de precisar ter a decisão de reintegração”, conta.

A moradora da casa, com dois filhos, afirmou que não tem para onde ir, mas preferiu não gravar entrevista. A irmã, Rosana Rego Pietrobom, disse que se preocupa com os sobrinhos. “Acho que eles tem direito, por causa do pai, mas acho que a ‘briga’ maior deveria ser com ele, que abandonou as duas”, opinou ao Comando Notícia.

Não houve resistência, de acordo com a Guarda, e eles retiraram os pertences da casa para que a dona possa vender o imóvel.

fotos: Hugo Antoneli Junior/Comando Notícia