CidadesItupeva

Justiça determina afastamento do prefeito de Itupeva da atual administração

O prefeito de Itupeva (SP), Marcão Marchi, e o vice têm 24h para se afastarem da prefeitura. O Tribunal Superior Eleitoral negou o pedido de liminar da defesa do prefeito condenado a perda do mandato por uso indevido de meio de comunicação.

No início do mês, a Justiça havia determinado a cassação da chapa por ter usado um jornal impresso de circulação local para fazer propaganda eleitoral antecipada na campanha de 2016.

Na decisão, o TRE determina também nova eleição na cidade. Em nota, a assessoria de Marcão afirmou que ele e o vice são vítimas de manobra jurídica da oposição (veja a nota completa abaixo).

A assessoria do prefeito de Itupeva, Marcão Marchi, vem esclarecer, diante da divulgação, por parte do TRE, de decisão para cumprimento do afastamento do prefeito e do vice-prefeito, Alexandre mustafa:

01. Mais uma vez o prefeito Marcão Marchi é vítima de manobra jurídica da oposição. Inconformados com a voz do povo e o resultado das urnas, seus adversários usam de táticas jurídicas para impedir que o prefeito exerça seu mandato normalmente.

02. O prefeito Marcão Marchi e o vice-prefeito, Alexandre Mustafa, serão rigorosos no cumprimento de decisão judicial, estando sempre disponíveis para quaisquer esclarecimentos legais, perante à Justiça ou à população de Itupeva.

03. A defesa do prefeito e do vice-prefeito seguirá com os devidos recursos previstos no ordenamento jurídico, conforme o processo legal;

04. O prefeito Marcão Marchi reafirma que cumpre seu compromisso de trabalho com o eleitorado e com a população de Itupeva, respeitando o resultado inequívoco das urnas em 2016. E que o presente processo judicial faz parte de retaliações políticas adversárias. Mesmo sob acusações injustas, o prefeito Marcão Marchi manteve a integridade de sua atuação como gestor, administrando de forma humana, solidária e respeitosa a cidade de Itupeva.

G1 Sorocaba e Jundiaí
Foto: Divulgação