IndaiatubaPolícia

Justiça libera preso acusado de participar de morte de empresário em Indaiatuba

HUGO ANTONELI JUNIOR

A Justiça liberou em audiência de custódia o rapaz de 29 anos acusado de participar do assassinato do empresário de 59 anos na segunda-feira (13) em Indaiatuba (SP). Ele foi detido por guardas civis minutos após o crime com o carro identificado como sendo o usado no latrocínio. Levado até a delegacia ele foi ouvido e a Polícia Civil determinou a prisão em flagrante até a audiência de custódia. O juiz responsável pela audiência de custódia poderia manter a prisão para a investigação do crime que está em andamento ou, como fez, liberá-lo para responder em liberdade.

Justificativas

O rapaz disse na delegacia, segundo apurou o Comando Notícia, que é motorista de aplicativo e que só foi atender uma corrida. Essa solicitação teria sido feita por uma mulher. Quando chegou ao local ele foi rendido pelos bandidos que ordenaram que ele fosse para o shopping.

Segundo o delegado Danilo Amacio Leme, responsável pelas investigações, as imagens de câmeras de segurança do Parque Mall indicam que o carro do rapaz que foi preso entrou em seguida ao carro da vítima. Ele disse não ter envolvimento com o crime, que a solicitação da corrida poderia provar a inocência e que os três assaltantes fugiram.

O rapaz informou que quando eles subiram no estacionamento, viu a vítima correndo. Ele teria ficado no carro com um dos assaltantes enquanto dois foram praticar o roubo que terminou em morte. O rapaz também confirmou ter ouvido os tiros e que depois eles fugiram sem pagar pelo estacionamento. Os três bandidos teriam saído do carro em seguida.

Ele teria parado para pedir ajuda e foi abordado por uma viatura da Guarda que o levou até a delegacia. As investigações da Polícia Civil continuam para decifrar se a história que ele contou é verdadeira e, claro, para identificar e prender os autores da morte do empresário.

O crime

O empresário de 58 anos morreu depois de ser atingido por três tiros. Ele foi assaltado por três bandidos dentro do Parque Mall, onde tinha ido depositar cerca de R$ 65 mil. Ele reagiu ao assalto, foi baleado, socorrido ao Haoc, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima foi levada ao IML e será enterrada em Louveira (SP).

foto: arquivo/Comando Notícia