IndaiatubaPolícia

Mulher esfaqueada pelo pai continua internada após segunda cirurgia

Continua internada da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado grave, a mulher de 50 anos que foi esfaqueada pelo pai há duas semanas, em Indaiatuba (SP). Ela passou por cirurgia horas depois do ataque e nesta semana por um segundo procedimento, conforme o Comando Notícia apurou, por causa de um coágulo. O Comando Notícia apurou que não houve evolução no final de semana, desde os últimos boletins, incluindo o do começo desta semana.

O caso. Um homem de 43 anos morreu com golpes de marreta e faca na noite de quinta-feira (26). A esposa dele, de 50 anos, também foi ferida e socorrida para o hospital em estado gravíssimo. O principal suspeito de cometer o crime é pai da mulher e sogro da vítima fatal, de 85 anos.

Segundo apurou a reportagem, a mulher chegou ao Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) em estado delicado e foi diretamente para o centro cirúrgico, onde foi operada madrugada adentro de sexta-feira (26). O crime aconteceu na noite de quinta-feira (25) em um sobrado do último quarteirão da rua Laura Fachini Tomasetto, antiga 21, no Jardim Morada do Sol, em Indaiatuba (SP).

Testemunhas contaram que ouviram gritos de socorro e pedindo polícia e resgate por volta das nove e meia da noite. A ocorrência foi atendida por guardas civis, com apoio da Polícia Militar. Guardas que foram até a cena do crime contaram ao Comando Notícia que provavelmente a vítima estava jogando videogame quando foi surpreendida por uma marretada.

foto: arquivo/Comando Notícia