CidadesIndaiatuba

Obras em Itaici afastam clientes e derrubam movimento nos comércios

HUGO ANTONELI JUNIOR

“Olha, aqui caiu pelo menos uns 30% o movimento e tem lugares que foi 50%”, diz um comerciante. As obras para aumentar as vias da avenida Antonio Estanislau do Amaral, em Itaici, Indaiatuba (SP), derrubaram a movimentação nos comércios e, consequentemente, o faturamento. “Enquanto não acabar essa obra, não temos esperança de que melhore”, opina outro lojista da avenida. E não é só a baixa procura de clientes que revolta os empreendedores que conversaram com o Comando Notícia.

“Está muito escuro em alguns pontos. Essa semana passada teve até assalto. Os bandidos entraram e saíram e ninguém viu”, relata. No final desta semana, outro comerciante viu os fios impedirem a passagem e a entrada no comércio que mantém no local. “Cheguei aqui e os fios estavam caídos. Eu abro às sextas-feiras. Como faz? Que clientes virão até aqui? Na semana passada tivemos sobra de produtos para vender por causa da obra, que derrubou o movimento aqui”, revela. “Eu tive que tirar estes fios que o pessoal da obra deixou. Não veio nenhuma empresa, nem de energia, nem de telefone ou internet, eu mesmo tive que tirar, se não ia ficar aí”, reclama.

Iniciada em junho, a duplicação da Alameda Coronel Antônio Estanislau do Amaral terá o custo de R$ 8 milhões e o prazo contratual para a conclusão dos serviços é de um ano e meio. Além do aumento de faixas na via, será construída outra ponte no Rio Jundiaí com mais duas novas faixas de rolamento. A via de 2,1 quilômetros terá quatro faixas de rolamento em toda a sua extensão.

foto: arquivo pessoal