CidadesIndaiatubaItupeva

Paciente de Itupeva curado de Covid-19 recebe alta do Haoc

O Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), em Indaiatuba (SP), registrou três altas nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado neste sábado (23). Um destes pacientes é da cidade de Itupeva (SP), teve exame positivo para a Covid-19 e é considerado curado. Outro paciente apresentou resultado negativo, mas também teve melhora clínica e foi liberado e o terceiro paciente ainda não tem resultado de exame.

Brasil

O número de pessoas curadas do coronavírus no Brasil continua aumentando. Nesta semana foram confirmados 135.430 casos de pessoas recuperadas, número que representa 40,9% do total de casos (330.890). Outros 174.412 pacientes seguem em acompanhamento médico. As informações foram atualizadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde até as 19h.

A média diária de pessoas curadas do coronavírus tem se mantido alta, sempre girando em torno de 9 mil casos. Nas últimas 24h, foram 9.470 pacientes curados da doença.

O Governo do Brasil, junto às secretarias de saúde estaduais e municipais, está cuidando de todos e empenhando todos os esforços necessários para melhorar o atendimento médico a quem precisa. São realizados investimentos constantes em ações e serviços, aquisição de insumos, respiradores, equipamentos e EPIS, além da habilitação de leitos de UTI e investimentos em infraestrutura. Nesta quinta-feira (21), a pasta habilitou mais 202 leitos de UTI exclusivos para pacientes graves ou gravíssimos da doença. Somente na última semana foram 2.554 habilitações. Cada leito, estando ocupado ou não, recebe o dobro do valor por diária de internação enquanto durar a pandemia.

Desde abril, já foram 6.344 habilitações, com repasses federais de R$ 911,4 milhões, pagos em parcela única, aos estados e municípios. O objetivo é auxiliar os gestores a oferecerem uma melhor assistência aos pacientes que procuram os serviços de saúde da rede pública. A pasta também tem liberado recursos para auxiliar estados e municípios a enfrentarem a pandemia, com o intuito de garantir a estrutura necessária ao atendimento qualificado.

Até o momento, o país registra 21.048 óbitos, sendo que 1.001 foram registrados nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde nas últimas 24h, apesar de a maioria ter acontecido em outros dias. Isso porque as notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes. Desse total, 293 óbitos ocorreram, de fato, nos últimos três dias e outros 3.552 estão em investigação.

foto: arquivo/Comando Notícia