CidadesIndaiatuba

Paciente reclama de atendimento de médico do Upa

HUGO ANTONELI JUNIOR

Uma mulher procurou o Comando Notícia para reclamar do atendimento de um médico da Unidade de Pronto Atendimento (Upa), do Jardim Morada do Sol, em Indaiatuba (SP). Segundo ela, o especialista foi “grosso” no atendimento e a mandou para casa, mesmo com a paciente dizendo que estava com pneumonia. Ela não foi embora, passou por outro médico que “atendeu bem e disse que eu estava com pneumonia e deveria ir ao Haoc, porque ali [na Upa] ele não poderia fazer nada”. O caso aconteceu no sábado (19).

“Estou com pneumonia há mais de duas semanas, me tratei com remédios em casa e cheguei a ficar na UTI. Como não melhorei, resolvi ir ao Upa, mas fui muito mal tratada por um médio. Ele ficou muito bravo comigo pelo jeito que eu respirava pela boca, quando queria que eu respirasse pelo nariz. Vasculhou a minha vida pelo sistema e chegou a dizer que no exame não tinha pneumonia nenhuma”, afirma.

“Ele ainda ficou indignado por eu ter sido internada na UTI e me mandou pra casa dizendo que eu não tinha nada. Eu fui para a recepção de novo, fiz a ficha e a enfermeira pediu para que outro médico me atendesse. Esse outro médico não só me atendeu bem como disse que meu quadro era grave”, relatou. Ela foi até o Haoc, onde passou por atendimento. “Nada a reclamar do Haoc. Estou decidida a pagar um convênio”, relata. “As enfermeiras da Upa falaram mesmo que esse médico é assim. Ele está na profissão errada”, finaliza.

A Prefeitura, questionada sobre o caso, informou, via assessoria de imprensa, que “a Secretaria da Saúde vai abrir um processo administrativo para apuração dos fatos.”

foto: arquivo/Comando Notícia