ItuPolícia

Polícia Civil resgata 33 cães em Itu

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia do Município de Itu, descobriu na tarde de segunda-feira (16) um imóvel – situado no bairro Chácaras Reunidas Ipê – que abrigava cães em condições insalubres e com indícios de que eram submetidos à rinha. Ao todo, 33 cachorros foram resgatados durante a ação.
Os policiais foram até o local, uma chácara, para investigar uma denúncia sobre maus-tratos e rinha. Em diligência ao imóvel, a equipe da PC foi recebida por duas mulheres que se identificaram como funcionárias do local.
Com a entrada franqueada, os policiais averiguaram o recinto e encontraram 33 cães, dos quais diversos apresentavam sinais de maus-tratos. A equipe contatou veterinários de ONGs da região que compareceram ao local e constataram graves problemas de saúde sendo que alguns animais estariam precisando de transfusão de sangue. Além disso, os cachorros estavam expostos à chuva e sem alimentação.
Nesta chácara também foram localizados medicamentos vencidos e vacinas armazenadas de maneira incorreta. Um ambiente estruturado para a prática de rinha também foi encontrado. Além dos cães, a polícia resgatou exemplares de animais silvestres encontrados na chácara: duas calopsitas, um porquinho da Índia, um canário da terra, duas maritacas e dois gambás.
Foi apreendido um cartão de crédito com o nome do indivíduo apontado como responsável pelo local. Ele é investigado pela Polícia Civil por envolvimento com a prática de rinha. A perícia foi solicitada ao local e os cachorros foram custodiados à AVA – Associação de Vida Animal, em Atibaia. Eles serão avaliados por veterinários e então seguirão para adoção consciente.
Os animais silvestres foram encaminhados ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) da região onde passarão por avaliação e reabilitação. As investigações prosseguem.
foto: Polícia Civil