ItuPolícia

Polícia prende segundo investigado por morte de comerciante em roubo de adega em Itu

Um rapaz de 20 anos é o segundo preso identificado pela Polícia Civil por participação no latrocínio – roubo seguido de morte- de um dono de adega em abril deste ano, em Itu (SP).

Segundo o boletim de ocorrência, o mandado prisão foi cumprido na última segunda-feira (28), no bairro Jardim Fragnani. O caso foi investigado pelo 1º Distrito Policial de Itu.

O investigado confirmou a participação de uma terceira pessoa no esquema, que teria passado informações sobre a movimentação do comércios para a realização do crime. No entanto, este suspeito foi morto em uma ocorrência há cerca de 20 dias.

No dia 28 maio, um adolescente de 17 anos foi apreendido com um mandado da Vara da Infância e Juventude por suspeita de participação no crime.

Crime

 

De acordo com a Polícia Civil, na noite do dia 21 de abril, dois ladrões com máscaras se aproximaram e fecharam o comércio na rua José Eduardo Teixeira. Em seguida, a dupla anunciou o roubo.

O proprietário reagiu ao assalto e sofreu um disparo de arma de fogo na cabeça. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local, mas ele já deu entrada no hospital sem vida.

A investigação identificou a participação do adolescente e conseguiu a internação provisória. Durante a apreensão, ele chutou uma porta da viatura. A mãe do suspeito também xingou os policiais.

Com informações: G1 Sorocaba e Jundiaí

Foto: arquivo/ Comando Notícia