CidadesPolícia

Policiais militares realizam parto em São Paulo

Em uma ação que foi além do combate ao crime, policiais da 4ª Companhia do 5º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) realizaram um parto e trouxeram ao mundo mais uma vida. A ação aconteceu no Jardim Brasil, na zona norte da cidade de São Paulo.

O soldado Allan e o 3º sargento Nunes estavam em patrulhamento pela Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (Dejem) quando foram acionados para atenderem a ocorrência de auxílio à gestante na rua Francisco Peixoto Bezerra.

Quando chegaram ao local, a equipe encontrou a mulher, que até então não sabia que estava grávida, já em trabalho de parto. “Encontramos ela deitada na cama e logo auxiliamos na retirada do bebê, que já estava com metade do corpo para fora”, explicou o soldado.

Devidamente preparado com os equipamentos de proteção individual – luvas e máscara – o soldado Allan, com apoio do seu colega de farda, atuou desde o nascimento da criança e retirada da placenta até a condução ao Pronto Socorro da Maternidade São Luiz Gonzaga.

“Socorremos o bebê acompanhado da tia. A mãe, como estava muito fraca, foi levada à unidade de saúde por uma equipe do resgate”, contou o praça que integra a instituição militar há dez anos e pela segunda vez ajuda a trazer mais uma nova vida ao mundo. Os dois passam bem.

Preparo

O primeiro parto foi realizado pelo soldado há cerca de nove anos, mas ele já estava preparado, pois é ainda no curso de formação oferecido na Escola Superior de Soldados (ESSd) que os futuros policiais aprendem procedimentos para este tipo de atendimento.

Quando ingressam na unidade de ensino da Polícia Militar do Estado de São Paulo, muitos dos alunos acreditam que irão apenas desenvolver suas habilidades voltadas no combate ao crime. No entanto, no decorrer da formação, aprendem inúmeras técnicas que auxiliam no salvamento de vidas de diferentes formas.

“É inacreditável [a sensação de auxiliar a trazer uma vida ao mundo]. Não consigo nem descrever”, ressaltou o soldado após seu segundo parto realizado ao longo da carreira. Ele, que sonha em ter um filho, se inspirou no próprio pai, que hoje é militar da reserva.

O policial afirma que as manobras que aprendeu durante a formação e a vivencia do dia a dia do serviço foram essenciais para sucesso no atendimento.

Foto:divulgação