CidadesIndaiatubaPolíciaPolítica

Prefeitura confirma que ar condicionado de viaturas novas também foi desligado

O ar condicionado de todas as viaturas da Guarda Civil de Indaiatuba está desligado. A denúncia foi feita pelo Comando Notícia em abril. As novas viaturas entregues na semana passada também tiveram o sistema de refrigeração desligado, assim como o sistema multimídia – de acordo com guardas ouvidos pelo Comando Notícia. A Prefeitura confirmou o desligamento e justificou que “o patrulhamento é obrigatoriamente feito com vidros abertos.”

Os novos veículos foram entregues na semana passada e são destinados ao patrulhamento preventivo. Foram entregues nove motos, modelo XRE, 300 cilindradas e 10 carros, modelo Duster. A aquisição foi possível graças ao repasse de R$ 2.805.051,00, do Ministério da Justiça, a fundo perdido. A contrapartida do município foi de R$ 224.404,08.

Além das viaturas, a Secretaria de Segurança também irá adquirir com a verba, um guindaste hidráulico articulado, para manutenção da rede de monitoramento, rádios transmissores, fardamento e equipamentos operacionais, como cinturão, lanternas e coletes de proteção balística.

A assessoria de imprensa disse que “a Secretaria de Segurança informou que o caso do ar condicionado das viaturas foi conversado com o prefeito e vereadores e explicado que o ar condicionado dos veículos foram produzidos para funcionar com os vidros fechados”, diz.

“O patrulhamento é obrigatoriamente feito com vidros abertos. Os vidros abertos e o ar condicionado ligado no máximo, faz com que o interior do veículo não se refrigere por completo, além de consumir mais combustível, reduzir potência e gastos das engrenagens, trazendo prejuízos aos cofres públicos. A situação foi compreendida entre as partes.”

foto: divulgação