Polícia

Prefeitura de Salto lança programa de combate às drogas

SALTO – A Prefeitura lançou, na manhã desta quinta-feira (16), o Programa de Integração Sociofamiliar, com sede no Jardim Santa Cruz e sob a coordenação de advogado Jades Martins de Mello. É mais uma iniciativa que visa o combate às drogas na cidade, desta vez também focando no apoio às famílias afetadas por este problema.

Após o relançamento do “Anjos da Vida”, que consiste na prevenção com palestra nas escolas, e do Grupo de Operações com Cães (GOC), a Prefeitura integra a eles este novo programa, que oferece atividades educacionais, esportivas, culturais e de desenvolvimento pessoal.

“Estamos iniciando um trabalho inédito e de extrema importância para os moradores do Jardim Santa Cruz e para toda a cidade. O nosso intuito é criar atividades que estimulem a população; que deem oportunidades de emprego e, que acima de tudo, ocupem o tempo e a cabeça de crianças, jovens e adultos para que fiquem longe das drogas e de outros malefícios. Um trabalho pioneiro de prevenção, e, em muitos casos, de assistência a ex-dependentes”, explicou Dr. Jades.

O prefeito Geraldo Garcia (PP) destacou a experiência e entusiasmo de Dr. Jades com este novo projeto. “Já algum tempo Jades e eu conversávamos sobre a necessidade de um projeto inédito, onde pudéssemos dar suporte também às famílias de dependentes e ex-dependentes. Jades abraçou a ideia e, graças a todo seu esforço e dedicação, hoje lançamos o Programa de Integração Sociofamiliar”, comentou o chefe do Executivo.

Na oportunidade, o secretário de Governo, Gilmar Mazetto, afirmou que com o lançamento de realizado na quinta (16), a administração municipal passa a contar com três programa de combate às drogas. “Estamos conseguindo aos poucos retomar todos os programas de combate às drogas que tínhamos e estavam parados. Anjos da Vida, GOC e agora este programa inédito sob a coordenação do Dr. Jades. Estou muito feliz por encerrar este ano com os 3 programas a todo vapor”, afirmou.

Atividades

Durante a apresentação, Dr. Jades especificou cada uma das ações que serão desenvolvidas e seus respectivos profissionais. “Procuramos conseguir atividades educacionais e que proporcionem uma profissão, cultura e desenvolvimento pessoal.  Estas atividades deverão ser divulgadas com regulamentos para cada uma delas e prazos para inscrições. Assim também as duas modalidades esportivas.   Já as atividades de atendimento pessoal, como jurídico, psicológico, mercado de trabalho, Instituto Embelleze, Procon, Banco do Povo, PAT, orientação profissional, palestra de prevenção a acidentes, terão dias e horas determinados da semana, visto que, pretendemos também estar junto das famílias e prestar-lhes os serviços que nos for possível. Os regulamentos de cada curso e as inscrições, serão divulgadas oportunamente com as respectivas datas, assim também as datas e horas de cada atendimento pessoal”, ressaltou o coordenador do programa.

  • As ações oferecidas são:
  • Atendimento pelo A.A., para parar de beber, aos sábados pela manhã.
  • Escola de Cabeleireira – com Lina Rosa Aguiar da Silva.
  • Escola de Mecânica de automóvel – com Lázaro José Mano
  • Iniciação ao Inglês.- com Bruna Abacherli de Araujo da Silva e Adriana Alberti.
  • Instalação elétrica residencial – com Alberto Luiz C. Marconi
  • Atendimento Jurídico – com Dra. Magali Maria Bressan
  • Atendimento psicológico – com Dra. Danusa Charlene Peixoto.
  • Atendimento para o mercado de trabalho, com ensino para elaboração de currículo; postura para entrevista e teste vocacional – com Francisco Palacios de Almeida.
  • Primeiros Socorros, DST, Saúde da Mulher e da Criança – com Maryellen Dourado Bueno
  • Atendimento às famílias e dependentes químicos para recuperação – com Dr. Jades Martins de Melo
  • Instituto Embeleze para corte de cabelos, unhas e maquiagem.
  • PROCON – Programa de Defesa do Consumidor, para ajudar a mediar conflitos entre consumidor e fornecedor de produtos e serviços – Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.
  • PAT – Expedição de Carteira de Trabalho – Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.
  • Banco do Povo – Concessão de microcrédito, como auxílio ao microempreendedor, para legalização dos negócios, aquisição de máquinas, equipamentos, matéria prima ou mercadoria – Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.
  • Palestra para pais nas Indústrias, Escolas e Igrejas – Dr. Jades Martins de Melo
  • Patrulhamento Maria da Penha, com capacitação na legislação, de psicologia e assistência social. Sendo este, mediante preenchimento de formulário de Termo de Entrevista Inicial, Relatório de Avaliação de Risco e Entrega de Formulário de Prevenção, Orientação sobre Plano de Segurança Pessoal. Havendo constatação de risco, será comunicado o Delegado de Polícia e as Crianças e/ou Adolescentes, sendo que será comunicado ao Conselho Tutelar – Guarda Civil Municipal, por meio de dois GCMs permanentes do Programa.
  • Busca de Pessoas Desaparecidas – Guarda Civil Municipal.
  • Orientação Profissional pelo SENAI – com Luiz Alberto de Freitas Pinheiro – Orientador Profissional.
  • Trabalho conjunto com o CRAS do Jd. Santa Cruz
  • Trabalho conjunto com o Posto de Saúde do Jd. Santa Cruz.
  • Curso já ministrado pelo DENARC de prevenção e educação e demais trabalhos de apoio.
  • Judô – com Helbert Carlos de Souza
  • Tênis de Quadra – com Francisco João Limongi Jr.
  • Instituto Embelleze, para mulheres duas vezes por mês, para corte de cabelos, unhas e maquiagem.

Dados

De acordo com levantamento realizado pelo advogado Jades Martins de Mello, a implantação do Programa de Integração Sociofamiliar tem como base, dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, da Polícia Militar de Salto e da Guarda Civil Municipal, sendo:

Entorpecentes – Somente neste ano, de janeiro a setembro, tivemos por porte 139 casos; de tráfico, são 156 e de apreensão, 36.    Agora, se somarmos essas ocorrências desde janeiro de 2.016, temos: porte, 312; tráfico, 378 e apreensão, 107. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o maior índice de mortes de jovens está na idade entre 10 e 19 anos, resultando em 43% dos óbitos, tendo como causas a violência e as drogas e a violência geralmente e resultante das drogas. A Confederação Nacional dos Municípios, através do seu observatório do crack de maio/2017, avaliou os níveis de 5.570 cidades com referência ao crack em alto, médio e baixo, concluindo que existem 193 cidades com nível alto, 259 em nível médio (a qual Salto está classificada) e nível baixo, com 105 municípios.

Violência Doméstica –  Tivemos em Salto de janeiro a setembro deste ano, 247 boletins de ocorrências nesse sentido, fato que desestrutura a família.  A violência doméstica não se limita suas implicações apenas ao autor e vítima, mas também a todos os membros da família, notadamente às crianças e adolescentes prejudicados em suas vidas sob diversos níveis, refletindo até na idade adulta.

Pessoas desaparecidas – No Brasil temos 8 desaparecimentos por hora nos últimos 10 anos.   Nesse período foram 693 mil casos. Somente em 2.016, tivemos 71.796 casos de desaparecimentos.   O Estado de São Paulo, lidera as estatísticas com 211.965 casos em 10 anos. De janeiro a agosto de 2.017 foram registradas pelo DHPP do Estado de São Paulo, 16.822 casos. No ano de 2.016, foram 26.489 ocorrências.     

 

Parcerias

Dr. Jades também lembrou que todas estas atividades serão oferecidas por meio de parcerias com as empresas e também com os profissionais, fazendo um agradecimento especial aos seguintes colaboradores:

  • Lojas Cem
  • Associação das Indústrias de Salto – ASSISA
  • Marcelo Dourado
  • Rodolfo Nardelli Neto
  • Secretaria Municipal da Saúde.
  • Secretaria de Ação Social e Cidadania
  • Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo
  • Secretaria de Obras e Serviços Públicos
  • Secretaria da Educação
  • Dirigente Estadual de Ensino de Itu
  • Artzac, Comunicação Visual
  • Alberto Calegari
  • Hélio Saldino
  • Casa Bianca
  • Imobiliária Granova Prata
  • Imobiliária Milioni
  • Odair Rossi

A sede do Programa de Integração Sociofamiliar está localizada na Rua Padre Oliveira Rolim, s/n, Jardim Santa Cruz. Telefone para contato é (11) 4602-1474.