CidadesItupeva

Presidente da Câmara toma posse após prefeito e vice terem mandatos cassados em Itupeva

A presidente da Câmara dos Vereadores de Itupeva (SP), Tatiana Salles, tomou posse na terça-feira (3) depois que o prefeito, Marcão Marchi, e o vice, Alexandre Mustafá, tiveram os mandatos cassados.

A cerimônia teve início às 9h, na Câmara dos Vereadores. Durante o evento, que teve a presença de vereadores, do procurador-geral e do procurador-jurídico do município, Tatiana Salles assinou a ata que oficializa a mudança. O vice-presidente da Câmara, Jota Júnior, passa a ocupar a presidência em seu lugar.

Marchi e Mustafá foram afastados dos cargos na última semana depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o pedido de liminar da defesa. Ambos foram condenados à perda dos mandatos por uso indevido de meio de comunicação nas eleições de 2016.

Marchi também é candidato a prefeito nas eleições municipais de 2020. No entanto, de acordo com a Justiça, o processo de 2016 não interfere na atual candidatura.

Em nota, a assessoria de Marcão afirmou que ele e o vice são vítimas de manobra jurídica da oposição (veja a nota completa abaixo).

A assessoria do prefeito de Itupeva, Marcão Marchi, vem esclarecer, diante da divulgação, por parte do TRE, de decisão para cumprimento do afastamento do prefeito e do vice-prefeito, Alexandre Mustafá:

01. Mais uma vez o prefeito Marcão Marchi é vítima de manobra jurídica da oposição. Inconformados com a voz do povo e o resultado das urnas, seus adversários usam de táticas jurídicas para impedir que o prefeito exerça seu mandato normalmente.

02. O prefeito Marcão Marchi e o vice-prefeito, Alexandre Mustafá, serão rigorosos no cumprimento de decisão judicial, estando sempre disponíveis para quaisquer esclarecimentos legais, perante à Justiça ou à população de Itupeva.

03. A defesa do prefeito e do vice-prefeito seguirá com os devidos recursos previstos no ordenamento jurídico, conforme o processo legal;

04. O prefeito Marcão Marchi reafirma que cumpre seu compromisso de trabalho com o eleitorado e com a população de Itupeva, respeitando o resultado inequívoco das urnas em 2016. E que o presente processo judicial faz parte de retaliações políticas adversárias. Mesmo sob acusações injustas, o prefeito Marcão Marchi manteve a integridade de sua atuação como gestor, administrando de forma humana, solidária e respeitosa a cidade de Itupeva.

Com informações G1 Sorocaba e Jundiaí
Foto: Divulgação/Assessoria