IndaiatubaPolítica

Reinaldo Nogueira é condenado a oito anos de prisão

Reinaldo Nogueira (PV), ex-prefeito de Indaiatuba, foi condenado a oito anos de prisão em regime fechado e pagamento de 120 dias-multa pelo Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP). A acusação é do crime de concussão, quando agente público exige vantagens indevidas. Nem Nogueira, nem Núncio – também citado -, se manifestaram até o momento.
 
De acordo com a denúncia, Nogueira, através do então secretário municipal de Administração, Núncio Lobo Costa, exigiu da empresa Luxor Engenharia Construções e Pavimentação o pagamento de uma porcentagem de 5% do valor total de uma obra de reforma e ampliação de uma escola municipal, cuja licitação havia sido vencida pela companhia. A partir de agosto de 2015, o ex-secretário passou a exigir o recebimento da porcentagem sobre cada empenho feito pela prefeitura. Costa também condenado por concussão no mesmo processo, a seis anos e oito meses de reclusão.
 
Segundo o MP, Nogueira já havia sido condenado em outras ações por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Com mais essa decisão, as penas determinadas ao ex-prefeito pelo Judiciário chegam a 48 anos e 10 meses. Nogueira chegou a ser preso preventivamente em 2016 por esse mesmo crime.
 
foto: arquivo/Comando Notícia