CidadesIndaiatuba

Romaria de pedestres de Indaiatuba a Pirapora será dia 19 de abril

JOSEANE MIRANDA

A 29° Romaria de Pedestres de Indaiatuba a Pirapora do Bom Jesus acontece no dia 19 de abril. A programação prevê a saída da Romaria de pedestres ao meio-dia da Sexta-feira Santa. Uma hora antes os romeiros receberão a benção na Igreja Santa Rita de Cássia pelo padre Xico. Um dos membros organizadores da Romaria de Pedestres diz que são esperados cerca de 400 romeiros na edição deste ano.

“A cada ano que passa aumenta em torno de 30 romeiros”, afirma César Volpatto que participa da Romaria de pedestres há 26 anos. Os organizadores preveem a chegada à Igreja de Pirapora do Bom Jesus por volta das 4h30 de sábado, dia 20 de abril. Serão percorridos 78 quilômetros. “Passamos praticamente o dia e a noite caminhando”, explica. As reuniões para a organização do evento começaram em janeiro. A próxima será terça-feira, dia 26.

A população da cidade está sendo convidada para ajudar. “Trabalhamos com sistema de doações. Tudo que conseguimos de doação nós aplicamos na Romaria. Recebemos frutas, pão, sorvete e dinheiro. O dinheiro será usado para a confecção dos coletes que serão usados por todos os participantes durante o trajeto. Segundo Volpatto, que cuida da página do evento no Facebook, todo participante terá que assinar um termo de responsabilidade na saída da Romaria.“Neste termo a pessoa afirma que está apta a fazer essa caminhada de fé”, esclarece.

A segurança do evento é o tema de maior preocupação. Assim que deixam a Igreja Santa Rita os Romeiros são acompanhados por viaturas da Guarda Municipal de Indaiatuba, segundo informa a organização. O trânsito é organizado pelo departamento responsável da Prefeitura para segurança dos pedestres e de outros usuários das vias públicas até a entrada na Rodovia.

No percurso pelas rodovias os romeiros contam com auxílio de familiares que percorrem o mesmo trajeto de carro para oferecer auxílio em qualquer imprevisto. A organização conta também com veículos de apoio e ambulância em todo o trajeto. Para garantir ordem romeiros com mais experiência irão à frente. Eles serão chamados de ponteiro. No fim estarão os culateiros.

São previstas paradas para alimentação e descanso ao longo do percurso. Os romeiros terão à disposição em todo o percurso água e fruta à vontade. Outro diferencial é que os participantes usarão obrigatoriamente um colete em cores vivas para aumentar a visibilidade por parte de outros usuários das rodovias.

“Todo mundo ajudando o outro, isso é uma caminhada de fé”, declara Volpatto que explica que a organização prevê pessoas da organização à frente dos romeiros e também no fim. Os romeiros terão à disposição cinco ônibus oferecidos através de uma parceria com a Prefeitura para retornar a Indaiatuba. Alguns preferem voltar com familiares também que acompanham o trajeto.

fotos: arquivo pessoal/divulgação