PolíciaSalto

Salto registra queda no índice de crimes violentos

O Instituto Sou da Paz divulgou dados que apontam uma redução no índice de crimes violentos em 79 dos 139 municípios paulistas com mais de 50 mil habitantes. Dentre esses municípios, a cidade de Salto apresentou redução registrada em 2018, em comparação aos números de 2017. Os dados são do Índice de Exposição a Crimes Violentos (IECV), que faz parte do boletim Sou da Paz Analisa – Panorama 2018.

O IECV é realizado através de uma média considerando dados de crimes letais, como homicídio e latrocínio, crimes contra a dignidade sexual (estupro) e também crimes como roubo, roubo de veículos e de carga). A melhora no índice se deu pela redução nos casos de roubos, estupros e furtos na cidade. Neste estudo, a cidade passou de 17,5 em 2017, para 15,1 em 2018.

Ações em conjunto

Diversas ações em conjunto têm sido realizadas entre a Secretaria da Defesa Social, através da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar, visando coibir furtos e roubos de veículos. A força-tarefa prossegue com operações em pontos estratégicos da cidade, com abordagem de condutores a fim de orientá-los e também sanar irregularidades administrativas.

Os planejamentos das ações começaram no início do mês de abril, a cargo dos Comandantes dos Órgãos responsáveis pela Segurança Pública no município de Salto, Capitão PM Ricardo Cardoso Teobaldo, atual Comandante da Terceira Companhia do 50° Batalhão de Polícia Militar do Interior e do Secretário da Defesa Social, Redcliff Sierra dos Santos. O objetivo das companhias é intensificar essas operações integradas com mais frequência, para coibir ações criminosas, especialmente furtos e roubos de veículos.

Além disso, a Prefeitura de Salto inicia dentro de alguns meses a operação do novo sistema de segurança “Muralha Digital”, para o monitoramento das entradas e saídas do município. A Muralha Digital é um sistema Inteligente que visa a identificação de veículos irregulares e suspeitos que trará mais segurança à população. O sistema também será integrado ao da Região Metropolitana de Campinas.

foto: arquivo/divulgação