Cidades

Sorocaba e Jarinu registram mortes suspeitas de coronavírus

com informações do G1 Sorocaba

Um homem de 48 anos, suspeito de estar com coronavírus, morreu neste domingo (22), em Sorocaba (SP). Segundo a Secretaria de Saúde, o homem fazia parte do grupo de risco, pois era transplantado renal. Ainda segundo a pasta, a confirmação de que a causa da morte foi pela Covid-19 será feita após exame do Instituto Adolfo Lutz. A cidade passou de 84 para 98 casos suspeitos de sábado (22) para domingo.

Do total de suspeitos, nove encontram-se internados em hospitais e quatro aguardam internação e estão em UPHs do município. Desde a última quinta-feira (19), somente serão solicitados exames do novo coronavírus para pacientes suspeitos internados graves ou críticos e profissionais da área de saúde que apresentem sintomas de síndrome gripal. O teste diagnóstico não deverá ser realizado em pessoas assintomáticas. Essas medidas buscam otimizar o bom uso desse recurso, cujos insumos estão restritos no mundo devido à situação pandêmica.

Sem casos confirmados

Em um boletim epidemiológico divulgado na tarde deste domingo (22), a Prefeitura de Sorocaba informou que há 98 casos suspeitos na cidade. Todos aguardam o resultado do exame no Instituto Adolfo Lutz. Não há nenhum caso positivo na cidade, segundo a metodologia da prefeitura de considerar como confirmado apenas casos de pacientes cujo material foi submetido ao teste de coronavírus do Adolfo Lutz.

Outra morte suspeita

Uma moradora de Jarinu (SP) suspeita de estar com coronavírus morreu na sexta-feira (20), conforme boletim da prefeitura divulgado no sábado (21). Segundo o boletim, a mulher, de 42 anos, teve contato com outra pessoa que também é suspeita de ter Covid-19. O exame que vai apontar se ela tinha ou não contraído coronavírus deve ficar pronto em alguns dias. Segundo informações da prefeitura, a mulher sentiu falta de ar na sexta-feira e procurou a Unidade Mista de Saúde Jacob Conti.

foto: divulgação