Cultura

“Um Crime para Dois” é ótima comédia para o feriado

por HUGO ANTONELI JUNIOR

Um casal totalmente inofensivo termina enrolado em uma rede de crimes e intrigas totalmente confuso. Este é “Um Crime para Dois”. É óbvio que em meio a isso eles vão precisar resolver os problemas de relacionamento que eles tem. Aliás, em um momento como o que vivemos, é ótimo ter um filme clichê vivido por uma atriz negra e um ator de origem indiana.

Issa Rae e Kumail Nanjiani tomam o filme para si e são o ponto forte da história. Entregam muito bem tudo o que foi proposto e são bem engraçados. A comédia não é recomendado para criança e para os adultos que não gostem de comédia com conteúdo sexual, mesmo que leves. Veja outras indicações de filmes aqui.

A história começa com o casal se conhecendo, quando tudo era perfeito. Passa um tempo e eles estão em uma crise bem grave depois de uma discussão banal – coisa que eles vão ter muito durante o filme. Pense em um casal que fala muito. Agora multiplique. Falam muito. Mudam muito de assunto. Mas é aí parte da graça que os dois desenvolvem e estão com uma química muito boa durante toda a história.

Eles acabam atropelando um ciclista durante uma discussão. O ciclista parece não ser inocente quando aparece um suposto policial que o mata. O celular da vítima fica com eles e aí começa uma corrida para tentar desvendar o crime antes que a polícia os prenda e acuse por assassinato. Como eles não são nem detetives, nem criminosos e nem realmente um casal bem resolvido, o que vem depois é uma série de trapalhadas que valem muito o filme. É uma grande comédia entre as últimas lançadas pela plataforma.

fotos: reprodução