CidadesSalto

Vazão do Tietê preocupa Salto; Prefeitura retirou mais de oito toneladas de lixo

A Defesa Civil de Salto comunica que nesta quinta-feira (21) as comportas da Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (EMAE) serão abertas em dois horários. A primeira abertura está programada para acontecer às 15h com vazão de 350 m³ por segundo. A segunda abertura está agendada para ocorrer às 21h com vazão de 450 m³ por segundo.

De acordo com a Defesa Civil, o alerta é necessário, pois há previsão de chuvas com grande volume durante a madrugada o que pode aumentar a vazão do Rio Tietê. O coordenador Orlando Neri já direcionou equipes para fazer o comunicado aos moradores que devem se precaver contra alagamento.

Quem ainda não recebe os avisos, pode cadastrar-se enviando um SMS para o número 40199, contendo o CEP da residência na mensagem do texto. Em caso de ocorrências, os munícipes devem entrar em contato com a Defesa Civil através do 199 ou 153 (GCM).

Limpeza

A Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria da Defesa Social e coordenadoria da Defesa Civil divulga o balanço atualizado das ocorrências causadas pelas chuvas do último fim de semana. A Secretaria do Meio Ambiente finaliza a limpeza dos espaços que receberam uma grande carga de detritos oriundo da grande São Paulo. Dentre eles, o Parque de Lavras, que nesta quinta-feira (21), está sendo lavado para fazer a retirada da lama.

Devido à força das águas, parte do muro de contenção da Ilha dos Amores foi danificado. Por isso, o acesso à Ilha continua interditado e receberá reparos da Secretaria de Obras. A Rua 24 de Outubro foi liberada, no entanto o Campo da Avenida continua com o acesso restrito. O local também foi lavado para retirada da lama que se acumulou após a enchente.

A situação já está controlada, o nível do Rio Tietê também está na média normalizada de 300 m². No parque do Lago ainda há alguns lugares que estão com muita lama, estes pontos estão isolados. Os demais pontos turísticos funcionam normalmente.

Até o último levantamento, foram retirados mais de 6000 kg de material do Parque de Lavras, 2010 kg do Complexo da Cachoeira e 9680 kg de lama com lixo foram retirados da Rua 24 de Outubro. Este número ainda pode subir, após as medições que deverão ser finalizadas com o término do serviço.

Não há desabrigados. As orientações aos munícipes é para que respeitem as medidas de segurança, quando perceberem nível alto é necessário contatar órgãos de Defesa. A recomendação é evitar pontos de alagamento em situações emergenciais e procurar abrigo durante os temporais. A Guarda Civil Municipal e o Corpo de Bombeiros também podem ser acionados nestes casos.

fotos: PMS