CidadesIndaiatuba

Vila dos Idosos custará R$ 4,5 milhões e ficará pronta em um ano

DCIM101MEDIADJI_0406.JPG

A construção do Residencial Vila dos Idosos, na rua Christiano Seleguin, Jardim Brescia já começou. O condomínio fechado composto por 40 unidades habitacionais será destinado a idosos solteiros ou casais a partir de 60 anos que sejam independentes para a realização de tarefas do dia a dia. O projeto habitacional será construído pela Administração Municipal com recursos próprios. O investimento na obra é de R$ 4.556.862,55 e o prazo para a construção será de 12 meses.

A Vila ocupará uma área total de 8.049,84 m². Das 40 unidades habitacionais que serão disponibilizadas, quatro serão casas individuais com 40,16 m² e as 36 restantes serão casas geminadas com área de 79,45 m², totalizando 1.590,74 m² de área construída. Todas as unidades serão térreas e compostas de sala, cozinha, área de serviço, banheiro acessível e dormitório que pode acomodar um casal de idosos.

O condomínio contará com um Salão Comunitário de 228,36 m² com sala de enfermagem, sala que pode ser usada como consultório, sanitário, cozinha, área de serviço e sanitários masculino, feminino e acessível. A Guarita e dependências administrativas terão 26,22 m².

A Vila dos Idosos também oferecerá academia ao ar livre e uma área livre de praça para a realização de atividades, mesas de xadrez ou dama e um espaço para redário caso os moradores queiram instalar redes para descanso. Na parte externa do condomínio serão disponibilizadas 22 vagas de estacionamento e um ponto de ônibus.

Os beneficiários do projeto serão mutuários, ou seja, quando, por algum motivo, eles deixarem o imóveis, as residências serão destinadas para outros idosos que integram o cadastro habitacional e que cumpram os critérios pré-determinados. Entre os critérios para a seleção estão: ter acima de 60 anos, morar em Indaiatuba há pelo menos cinco anos e não possuir nenhum imóvel. Não serão admitidos outros moradores no condomínio, como dependentes ou cuidadores.

A construtora responsável pela obra é a VPN Solution Provider Construção e Incorporação.

Fotos: Eliandro Figueira  RIC/PMI