Cidades

Vôos partindo de Viracopos para os Estados Unidos são retomados após furacão

do G1 Campinas

Após a liberação dos aeroportos de Fort- Laurderdale (FLL) e Orlando (COM), nos Estados Unidos, a Azul Linhas Aéreas anunciou a retomada dos voos partindo do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), para a Flórida, nesta terça-feira (12).

Os voos haviam sido suspensos no dia 8 por causa da passagem do furacão Irma pelo estado americano no domingo (10). Ao menos quatro pessoas morreram naquele país devido ao fenômeno climático.

Ainda segundo a empresa, que opera a partir de Campinas, os passageiros com voos marcados para esta terça-feira devem comparecer aos aeroportos respectivos. A aérea pede que os clientes cheguem com duas horas de antecedência.

Voos retomados de Viracopos para Flórida

OrigemSaídaDestinoChegada
Viracopos09h45Fort Laurderdale17h
Viracopos23h20Fort Laurderdale06h30
Viracopos09h55Orlando18h
Orlando21h10Viracopos9h

Os principais aeroportos da Flórida, entre eles os de Miami, Orlando e Fort-Lauderdale, reabrirão parcialmente para o tráfego aéreo nesta terça-feira (12).

Os aeródromos anunciaram na segunda-feira (11) que retomarão os voos comerciais durante esta após finalizar os trabalhos de avaliação dos danos que Irma, já sob a categoria de tempestade tropical, causou após sua passagem pelo estado da Flórida.

Orlando comunicou que após a inspeção o serviço comercial de voos, ainda que limitado, retomará o ritmo, e o aeroporto Internacional de Miami confirmou que restaurará gradualmente sua programação de voos de passageiros.

Fort-Lauderdale declarou que, apesar de ainda sofrer as consequências do Irma, as operações também devem ser retomadas na terça, após o fim da limpeza do local.

Os aeroportos do sul da Flórida sofreram numerosos cancelamentos de voos na semana passada, devido às suas várias conexões com o Caribe por onde o Irma deixou um saldo de pelo menos 27 mortos e expressivos danos materiais.

O aeroporto de Palm Beach voltou a operar na segunda-feira (11), mas registrou apenas uma saída durante todo o dia, da empresa Delta Airlines. A previsão é de que as demais empresas comecem a voar a partir desta terça-feira.

O aeroporto Internacional de Tampa, que ainda mantém suas tarefas de avaliação e limpeza dos danos, prevê retomar os voos comerciais entre terça e quarta-feira.

Rotina

Nas ilhas caribenhas severamente afetadas pelo furacão, o objetivo é retomar a rotina e reconstruir o que foi destruído.

Em Marigot, na parte francesa da ilha caribenha de Saint Martin, vários negócios reabriram, muitos com horário reduzido. “Somos obrigados a seguir em frente, reconstruir a ilha”, diz Jean-Claude Richardson, gerente de um bar.

A economia também volta a dar sinais de vida. Stephan Jules, diretor da agência estatal de empregos, já está em ação. “Vamos ver com as empresas com recuperar os empregos. Nossa agência em Saint Martin está em bom estado. Faremos um balanço da situação nos próximos dias para responder às perguntas dos usuários”.