campinasCidades

Após Salto, Campinas confirma a morte de uma mulher por febre maculosa

com informações do G1 Campinas

Depois de Salto, outra cidade vizinha, Campinas, confirmou nesta terça-feira (31) a morte de uma mulher por febre maculosa. Segundo a Secretaria de Saúde, a vítima, de 30 anos, contraiu a doença em um sítio no bairro Recanto dos Dourados, na área rural, e veio a óbito no dia 6 de julho.

Além da morte, a cidade registrou neste ano quatro casos positivos da doença que evoluíram para cura – dois contraídos no município, nas regiões dos bairros Carlos Gomes e Florence, e dois em outras cidades.

Cuidados

A febre maculosa é uma infecção grave, transmitida pelo carrapato-estrela. “Não existe vacina contra a doença e não é possível eliminar totalmente o carrapato. Por isso, a população deve evitar frequentar as áreas de vegetação e de mato, onde há infestação de carrapatos-estrela e, portanto, locais de risco”, destaca a Secretaria de Saúde. A orientação para pessoas que passem por áreas de risco é ficar atenta, em até 15 dias, aos sintomas da doença:

  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Dor intensa no corpo
  • Mal-estar generalizado
  • Náuseas
  • Vômitos

“Ao apresentar um desses sinais, a pessoa deve procurar o serviço de saúde e informar que teve contato com o carrapato e/ou com locais de risco”, ressalta a nota da prefeitura.