IndaiatubaPolítica

CN entrevista Ulysses Maia, candidato a prefeito de Indaiatuba

Os candidatos que disputam o cargo de prefeito de Indaiatuba nas eleições 2020 foram convidados pelo Comando Notícia a participar de uma série de entrevistas, onde os candidatos respondem à perguntas na área da saúde, transporte, educação e segurança pública.
Eles responderam a perguntas sobre o que pretendem fazer em relação a esses temas. Além das perguntas enviadas para cada candidato (todos receberam as mesmas perguntas), os mesmos também tiveram espaço com tema livre para falar sobre propostas em outras áreas.
Participam dessa série, quatro, dos seis candidatos de Indaiatuba. O candidato Gabriel da Protechtor (PTB), como já mencionado na matéria publicada no dia 20 de outubro, não aceitou participar, e o candidato Pedro Ferrari (PT), que não respondeu às nossas perguntas.
As entrevistas serão publicadas por ordem de resposta. Confira abaixo:
Ulysses Maia 
Vice-prefeito: Matheus Fernandes 
Coligação/Partido: PSOL

Comando Notícia (CN)Na sua avaliação, como está a Saúde em Indaiatuba, e se eleito, quais os planos para os próximos 4 anos? 
Ulysses Maia (UM): A saúde está na UTI. São mais de vinte mil pessoas na famosa Fila da Saúde, pessoas que trabalham muito, pagam seus impostos e dependem do Sistema Único de Saúde. Se eleito, vamos construir um hospital municipal ou regional – dependendo do interesse das cidades vizinhas – e com isso, reduziremos significativamente o número de pessoas na fila de espera, além da geração de empregos decorrente da construção do hospital público.

CN – Existe a intenção de investir em um hospital público municipal? 
UM – Defendemos a criação de um hospital público municipal que seja administrado e financiado pela nossa cidade.

CN – Como resolver o problema das filas e demora nas consultas? 
UM- Equipando nossas Unidades Básicas de Saúde, aprimorando as equipes médicas, ampliando o número de servidores públicos na área da saúde e fiscalização constante para evitar politicagem no atendimento dos pacientes.

CN – Quais são as suas propostas para a área da educação? 
UM – Ampliar as escolas de tempo integral, reduzir o número de alunos em sala de aula, contratar através de concurso público funcionários da educação estendendo os benefícios: cartão cesta e vale transporte, rediscutir a política de gratificações e bonificações, valorizar os servidores com política salarial contemplando a Meta 17.

CN – Trânsito: O trânsito tem aumentado bastante na cidade. Quais são as propostas para uma melhoria nesse setor? 
UM – Romper o contrato de concessão com a atual empresa de transporte coletivo e abrir concorrência para empresas que queiram prestar serviço de qualidade cobrando preço justo e acessível. Criar ciclofaixas dos bairros para as áreas de maior circulação na cidade.

CN – Segurança pública: Quais são os planos para melhorar a segurança na cidade? 
UM – Fortalecer os vínculos com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, incentivar a participação dos munícipes no Programa Vizinhança Solidária, ampliar as rondas da guarda municipal, integrar as polícias, melhorar a iluminação pública e aumentar o monitoramento por câmeras.

CN- Causa animal: No seu plano de governo existe alguma proposta nessa área? 
UM – Apresentamos em nosso programa de governo inúmeras propostas viáveis defendendo os sujeitos não humanos de direitos: tanto os pets quanto os silvestres. Vamos fortalecer o Conselho Municipal dos Direitos Animais, desburocratizando a liberação de verbas. Articulação para a construção de um hospital regional dos animais com atendimentos gratuitos financiados pelos municípios e empresas privadas.

 

Espaço livre
Dividimos nosso programa em 5 eixos: Indaiatuba do Futuro, Indaiatuba do Desenvolvimento, Indaiatuba da Ciência, Indaiatuba dos Direitos e Indaiatuba da Liberdade e convidamos você leitor a nos acompanhar através do nosso site www.indaiatubacompartilhada.com.br, você conseguirá acessar nosso programa completo e também conhecer nossas candidaturas.

Vamos utilizar esse espaço para falar sobre Assistência Social – eixo Indaiatuba dos Direitos. A pobreza está aumentando significativamente em nossa cidade, prova disso são as inúmeras pessoas que se encontram em situação de rua, além dos artistas de circo que ocupam os semáforos apresentando suas habilidades artísticas em troca de uma remuneração não compensatória.

Diante desta nova e triste realidade, se faz necessário a apresentação de uma estratégia que minimize os problemas da população em situação de rua e também dos artistas que foram esquecidos pelo Estado. Vamos fortalecer as políticas públicas da secretaria de assistência social com o objetivo de atender as novas demandas. Afinal de contas tudo isso depende somente de uma atitude: vontade política.

 

Foto: divulgação.