Polícia

Nova Companhia da Polícia Militar será construída no Jardins do Império

HUGO ANTONELI JUIOR

INDAIATUBA – A nova Companhia da Polícia Militar já tem endereço certo e é um terreno no bairro Jardins do Império, um trecho cortado pelo anel viário inaugurado recentemente. O projeto de cessão do terreno da Prefeitura para o governo do Estado está na Câmara e deve ser aprovado – alguns policiais foram até a sessão de segunda-feira (13).

A Prefeitura, via assessoria de imprensa, afirmou que área será doada à PM para a construção de batalhão e que aguarda o comando da PM apresentar as indicações sobre o projeto arquitetônico, pois assumiu o compromissado de elaborar todos os projetos.

A construção, é de responsabilidade exclusiva do Estado. A Secretaria de Segurança Pública (SSP), através da assessoria de imprensa, afirmou que o terreno está em processo de liberação para a construção da sede.

câmara geral pm

Em entrevista ao Comando Notícia, o capitão da PM Alexandre Valério afirmou que o prazo depende do Estado, mas que geralmente estes projetos demoram entre três e quatro anos. “A Prefeitura está nos ajudando muito, atendeu o nosso pedido que fizemos no começo do ano e vai nos auxiliar no projeto, o que vai adiantar muito para iniciar a construção. Ao todo a obra deve demorar entre três e quatro anos, assim como foi em Atibaia e Mogi Mirim”, diz.

DSC_2800 cópia

Outros terrenos, um no Jardim Belo Horizonte e outro no Parque Campo Bonito, também foram visitados, mas o escolhido foi este. “Se aproximou mais daquilo que a gente necessita em termos de espaço e localização. Como não é plano, não terá todo o espaço construído, mas teremos uma boa estrutura para ter estacionamento dos visitantes, das viaturas e para o nosso funcionamento”, afirma.

A localização também foi um ponto estratégico na escolha. “É um local que está se expandindo muito e a tendência é que cresça muito. Ali fica mais ou menos centralizado para os bairros mais ao sul (Jardins Morada do Sol, Paulista, Campo Bonito) e para o Centro também”, analisa.

jardins do império

fotos: Comando Uno/Hugo Antoneli Junior/Comando Notícia