Política

Câmara adia discussão de PPA e vota três projetos da Prefeitura

HUGO ANTONELI JUNIOR

INDAIATUBA – Depois da “folga” regimental como “prêmio” de um mês com cinco segundas-feiras em uma cidade que há quatro sessões mensais seja qual for o calendário, a Câmara voltou aos trabalhos sem o texto do Projeto Plurianual que era esperado desde a última reunião, no dia 23. Apresentado pela Prefeitura para discussão, o texto teve 13 emendas e teve o pedido de vistas aprovado. A votação é esperada para a reunião da semana que vem.

Na ordem do dia, os vereadores aprovaram todos os projetos por unanimidade, contando o plano de mobilidade urbana, verbas para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), mudanças em uma lei já existente e mais dois projetos.

O primeiro é a gratuidade de estacionamento para deficientes do vereador Ricardo França (PRP) e outro que inclui o concurso de Miss Indaiatuba no calendário oficial da cidade, do vereador Alexandre Peres (SD), líder da oposição.

Um requerimento apresentado por Peres pedindo informações sobre valores pagos no transporte escolar municipal e estadual da educação foi apresentado, mas teve o pedido de vistas do líder da situação, Luiz Alberto Cebolinha (PMDB), pedido e aprovado por todos.

A sessão ainda teve a oposição repercutindo reportagens do Comando Notícia, além de homenagens a dois Guardas nas moções.

camara geral2

Curtas Comando

Bem-vindos

O Comando Notícia estreia hoje uma coluna de opinião política semanal sobre os fatos que agitaram os bastidores, uma espécie de rádio bastidor e que se chamará Curtas Comando. As notas trarão sempre informações que correm pelos corredores da Câmara e da Prefeitura. Então, #partiu…

Troca de cadeiras

Durante a sessão desta segunda houve uma mudança curiosa de cadeiras entre os vereadores. Geralmente sentado entre os vereadores Massao (DEM) e Pepo (PMDB), Cebolinha (PMDB) trocou de lugar com Chiaparine (PMDB) e sentou-se ao lado de Edvaldo Bertipaglia (PSB). Nada de novo ou que mudasse algo importante nas votações, talvez só a maior proximidade com o bloco da oposição – que se senta na fileira da frente do lado esquerdo do plenário. Manter os “inimigos” por perto?

Comendo borda

Falando em Cebolinha, o líder da situação estava distraído e quase se esqueceu de pedir vistas do requerimento do líder da oposição, Alexandre Peres (SD). O presidente Hélio (PSB) perguntou sobre a opinião dos vereadores e o veterano de casa, distraído, por pouco não perdeu “time“.

Bigfone

Contam as boas línguas da Câmara que ligações da Prefeitura rondaram alguns gabinetes com informações a serem confirmadas nesta terça-feira (7) sobre uma possível troca ou saída no departamento que cuida dos transportes na cidade. Alguns gabinetes teriam recebido esta ligação, outros, não. A informação correu solta e não deve ter ido de ônibus. Uber, talvez…

Estreia

A jornalista Núbia Istela, do Comando Notícia, participou pela primeira vez da sessão da Câmara de Indaiatuba. Habituada pela cobertura recém-iniciada nos Legislativos de Salto e Itu, ela conheceu os trabalhos e a estrutura por aqui, visitando, inclusive, o gabinete da presidência.

Gostosuras ou travessuras?

Aliás, no gabinete da presidência tinha bolo. Não é só nas votações que o bloco da situação é alinhado. De acordo com o presidente, toda semana um gabinete é responsável por trazer algum prato. Os sabores de bolo na presidência eram de cenoura com chocolate e de chocolate com cobertura de chocolate.

Mais liso que…

Aproveitando a rápida visita ao gabinete da presidência da Câmara, um assunto que não poderia faltar são as eleições do ano que vem. O presidente Hélio (PSB) fugiu de afirmações, mas se mostrou totalmente disposto a concorrer à um cargo em Brasília. Tudo depende da reunião…

A tal reunião

Reunião esta que seria nesta semana, mas será na outra. Quase todos os vereadores da situação repetiram praticamente o mesmo discurso, com exceção de Cebolinha (PMDB), Edvaldo Bertipaglia (PSB), Januba (DEM) e Figura (PP), que “o grupo terá um candidato”, quem será, ninguém sabe ou, se sabe, está guardado à sete chaves.

Vote em mim

“Candidato? Eu sou candidato a ganhar o seu voto na próxima eleição para vereador”, foi o que brincou o vereador Cebolinha sobre uma possível candidatura no ano que vem. Veterano de casa e que já foi até candidato à prefeito, ele não pretende entrar em outra campanha eleitoral antes de 2020. Brincalhão, ele não quis nem tocar no assunto futebol, já que o time dele, o Palmeiras, não teve lá um bom resultado no clássico contra o Corinthians.

Didáticos

É bom destacar como as sessões desta legislatura estão mais didáticas para o público. Fica o elogio ao presidente da casa e também ao vereador Arthur Spíndola (PV), um dos que sempre sobe à tribuna para explicar as votações mais complicadas como uma que tratava de dotações orçamentárias relativas à Apae, detalhada por Spíndola em valores.

Laços azuis

No início da sessão, os vereadores receberam laços azuis para colocarem em memória ao Novembro Azul, mês que lembra a importância da prevenção na saúde dos homens. Fica o registro para a assessoria da Câmara, sempre atenta às campanhas de conscientização, assim como foi no ano passado com uma campanha contra quem estacionava na vaga de deficientes na frente do Plenarinho…

Formal

Os vereadores colocaram os laços em suas camisas. Dos onze homens, dez estavam de camisa social e um de polo, Ricardo França. Tudo isso para dizer que, apesar do céu nublado, fazia um certo calor no Centro. Mas nem o calor foi suficiente para fazer o vereador Januba dispensar o terno. Ele foi o único entre os edis a se apresentar mais formalmente na sessão.

foto: Hugo Antoneli Junior/Comando Notícia