CidadesIndaiatuba

Mães do Laura Fahl procuram Ministério Público contra casos de escorpiões na escola

HUGO ANTONELI JUNIOR

Um grupo de mães foi até o Ministério Público em Indaiatuba (SP) na segunda-feira (25). Elas cobram providências da Secretaria Municipal de Educação com relação ao aparecimento de escorpiões no Complexo Educacional Laura Fahl Corrêa, no Parque das Nações. Na semana passada as mães realizaram um protesto na entrada dos alunos. A assessoria de imprensa do Ministério Público informou que a promotora Adriana Franulovic Cebrian Araújo Reis estava ciente do assunto dos escorpiões e oficiou no dia 15 de março a Vigilância Sanitária de Indaiatuba, tendo o órgão, um mês para responder. A declaração das mães foi juntada com a ação do órgão com relação aos escorpiões, informou.

No termo de declaração que o Comando Notícia teve acesso as mães informam que “desde o final de janeiro, quando houve um caso de funcionário da escola picado por escorpião logo antes do início do ano letivo, a captura de escorpiões vivos tem sido frequente na escola. Num primeiro momento a direção da unidade tentou omitir as ocorrências, mas como os episódios foram se tornando cada vez mais frequentes, os pais dos alunos procuraram a direção (…)”.

E prossegue. “As medidas tomadas até o momento parecem ineficazes para a solução do problema. As famílias ainda estão preocupadas porque, embora exista uma situação de insegurança feral, a direção da escola não determinou a suspensão das aulas”. Junto com o documento protocolado as mães também incluíram um CD, com “provas” do aparecimento dos escorpiões, segundo relatado pelo próprio oficial do MP.

Resposta

Sobre o aparecimento dos escorpiões, em nota na semana passada, a Secretaria Municipal de Educação informou que “as ações, busca ativa e limpeza minuciosa continuam sendo realizadas diariamente. Uma série de providências foram adotadas para combater e prevenir novos aparecimentos. As primeiras ações tomadas foram a substituição dos ralos comuns por ralos abre e fecha (escamoteáveis); vedação da lateral da quadra (fechamento de vãos); colocação de telas milimétricas nas grelhas de piso; limpeza geral da escola com vistoria em locais de guarda de materiais e busca ativa diária.”

foto: Google/divulgação