CidadesIndaiatuba

Mães voltam a se reunir no Complexo Laura Fahl pedindo explicações sobre escorpiões

HUGO ANTONELI JUNIOR

Protestos marcaram a entrada de alunos no Complexo Laura Fahl, no Parque das Nações, na manhã desta terça-feira (19), em Indaiatuba (SP). Mães e responsáveis das crianças levaram cartazes pedindo explicações sobre o aparecimento de escorpiões na unidade escolar. Muitos dos pais não estão levando os filhos, enquanto que outros optaram por buscar no meio período. As próprias mães informaram que a quadra da madeira não estava sendo usada. Informações ex-oficiais são de que foram achados outros escorpiões. Uma reunião foi feita no final da semana passada, depois que o caso foi divulgado.

Uma das mães, Regiane, falou ao Bom Dia, Indaiatuba, ao vivo. “Queremos saber claramente o que está acontecendo porque ontem de manhã a quadra foi liberada, aí acharam um escorpião segundo fontes seguras e à tarde a quadra já não estava mais liberada. Aí tem uma documentação que foi liberada, a gente pede e eles dizem que não está na escola. Se não está na escola, onde está? Queremos que seja tudo muito esclarecido porque as nossas crianças estão correndo perigo, sim”, reivindica.

“Trago só meio período até mesmo por causa das aulas do Fundamental. A criança se nega a vir para a escola. É uma luta. Hoje inclusive eu não trouxe. Tá ficando difícil. Eles alegam que se não veio é falta, e se não está trazendo é porque pode ficar em casa. Não é assim. É uma questão de segurança. Eu levo ela para o trabalho. Está complicado para as outras mães também.”

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que “as ações, busca ativa e limpeza minuciosa continuam sendo realizadas diariamente. O último relatório não apontou o aparecimento de nenhum escorpião. A quadra está liberada para as atividades e no dia 29 haverá uma reunião com a comissão de pais. A Secretaria de Educação está à disposição para tirar dúvidas e auxiliar da melhor forma possível.”

Resposta da Prefeitura

A Secretaria Municipal de Educação informa que devido às chuvas que vem correndo desde o início do ano foi verificada a presença de escorpiões no Complexo Educacional “Profª Laura Fahl Corrêa” e uma série de providências foram adotadas para combater e prevenir novos aparecimentos. A equipe da Vigilância Sanitária foi acionada logo após o ocorrido e realizou uma vistoria na escola, orientando sobre as medidas preventivas para evitar o aparecimento de escorpiões.

As primeiras ações tomadas foram a substituição dos ralos comuns por ralos abre e fecha (escamoteáveis); vedação da lateral da quadra (fechamento de vãos); colocação de telas milimétricas nas grelhas de piso; limpeza geral da escola com vistoria em locais de guarda de materiais e busca ativa diária. No sábado, dia 9, com o prédio vazio, foi realizada uma dedetização contra escorpiões e todas as recomendações técnicas foram tomadas.

fotos: Ricardo Miranda/Comando Notícia