Comando Noticias– Seu Portal de Notícias em Indaiatuba - 19/09/2018

Publicado em: 10 fevereiro 2018

Prefeitura obtém cassação de liminar da Citi e Sancetur deve assumir

Prestes a perder a concessão, a Citi obteve uma liminar na sexta (9) que foi cassada neste sábado (10).

HUGO ANTONELI JUNIOR

INDAIATUBA – Não durou nem 24 horas a liminar que mantinha a Companhia de Transportes de Indaiatuba (Citi), da Rápido Sumaré, operando os ônibus em Indaiatuba. A assessoria de imprensa da Prefeitura confirmou ao Comando Notícia que houve a cassação da liminar e que a Sou Indaiatuba, empresa da Santa Cecília Turismo (Sancetur). Desta forma, a partir de 0h deste domingo, 11 de fevereiro, a empresa Sou Indaiatuba assume o transporte coletivo urbano, conforme contrato emergencial.

Em seu despacho, o desembargador afirmou ser “impossível reconhecer como válida a pretensão de rediscutir matéria sobre que já há decisão judicial recém proferida”. A decisão do desembargador confirma a validade de todo o processo iniciado pela Prefeitura de declaração de caducidade e rescisão do contrato de concessão.

A Prefeitura conseguiu uma vitória na Justiça contra a Citi em 31 de janeiro e determinou que a Sou iniciasse os trabalhos à meia noite de sábado (10), mas nas últimas horas de operação, a empresa conseguiu uma nova liminar, o cancelamento do decreto do prefeito Nilson Gaspar (PMDB) e a concessão em regime emergencial.

Cadastramento continuará no final de semana

Na tarde desta sexta-feira (9), a Prefeitura informou que a empresa manterá o cadastramento dos usuários do bilhete eletrônico no sábado, domingo, segunda e terça-feira de Carnaval. Tanto o Velódromo Municipal (rua Miguel Domingues, 780 (ao lado do Ciaei), no Jardim Regina) como o Centro de Convenções Aydil Pinesi Bonachella (rua das Primaveras, 210,  Jardim Pompeia) estarão abertos das 8h30 às 17h para atender a população. No Centro de Convenções o cadastro é exclusivo para os idosos e pessoas com deficiência.

Os documentos necessários são RG, CPF e comprovante de endereço. A foto será tirada na hora. Pessoas com deficiência também deverão apresentar o laudo com CID (Classificação Internacional de Doença). Os estudantes da rede particular devem acrescentar aos documentos o formulário escolar disponível no site, preenchido e carimbado pela escola. Os alunos da rede pública também precisam de um pré-cadastro feito pela Secretaria da Educação. Tanto o formulário para cadastro do passe escolar como do vale transporte deverão ser baixados no site.

O funcionário público de Indaiatuba que utiliza passe, no momento do cadastramento também deverá apresentar holerite do mês anterior. No caso do vale transporte comum, o cadastro dos funcionários é de responsabilidade da empresa empregadora. A primeira via do cartão “SOU Indaiatuba” é gratuita e o carregamento do crédito será efetuado somente em dinheiro, nos mesmos pontos de cadastramento. O valor da passagem permanece R$ 3,50.

A partir do dia 15 de fevereiro o cadastro também poderá ser feito no Centro Cultural “Wanderley Peres”, na Praça D. Pedro I. O prazo para o cadastramento do passe escolar e cartão especial (idoso e PCD) termina no dia 28 de fevereiro. Para os demais, a inscrição continua até 30 de março.

Confusão

A Citi operava em Indaiatuba com uma liminar desde novembro. No dia 31 de janeiro uma decisão devolveu para as mãos da Prefeitura o transporte na cidade e a mesma decretou que a Sancetur assumiria em 10 de fevereiro. A administração marcou, então, para quarta-feira (7) a apresentação dos novos coletivos e anunciou na ocasião que queria promover o “melhor transporte público” do Brasil.

O Sindicato dos Rodoviários chegou a convocar uma greve, mas depois recuou e os ônibus circularam normalmente nesta sexta-feira (9). A reivindicação é que a empresa nova contratasse também os cobradores, já que é proibido por lei o acúmulo das funções.

foto: divulgação

Notícias relacionadas

Siga nossa página no facebook

error: Conteúdo Protegido!