IndaiatubaPolíciaPolítica

Gaspar diz que notícias sobre crimes “denigrem a imagem da cidade”

HUGO ANTONELI JUNIOR

O prefeito Nilson Gaspar (MDB) voltou a criticar a imprensa nesta semana por noticiar casos de roubos, furtos e outros casos em Indaiatuba (SP). Em um programa de rádio ele disse que as notícias sobre o aumento de furtos e roubos “denigrem a imagem da cidade”.

Ele ainda afirmou que a quantidade de viaturas “não diminuiu em nada, estão pelas ruas andando” e pediu para que a população “não fique replicando notícias negativas por questões políticas” porque “estão fazendo um caos, a cidade tem os melhores índices do Estado de São Paulo.”

Ao negar o aumento da criminalidade na cidade, o prefeito ignora os dados da Secretaria de Segurança Pública divulgados no dia 25 de junho, com relação aos casos de janeiro a maio. Na comparação entre 2019 e 2018, Indaiatuba teve mais de 20% de aumento no número de furtos, passando de 682 para 825.

Os roubos também aumentaram. Entre janeiro e maio de 2019 Indaiatuba teve 165 casos de roubos registrados na delegacia. Neste período foram 151 dias, portanto, a cidade teve 1,09 caso por dia de roubo. Foram 126% mais roubos em Indaiatuba no quarto mês do ano do que no terceiro. Houve de 27% na comparação com de maio deste ano com relação a maio do ano passado.

Outros índices que aumentaram e preocupam a população são os casos de estupro, que subiram 14%, e as tentativas de homicídio, que dispararam em 66%, ainda com dados estaduais, com base nos registros feitos nas delegacias da cidade. Dados da criminalidade no mês de junho e do primeiro semestre devem ser divulgados ainda esta semana.

Prisões caíram, mas prefeito ignora

Outro dado importante que foi ignorado por Gaspar é que o total de pessoas presas em Indaiatuba (SP) no primeiro semestre caiu 36%, segundo a SSP. No programa de rádio, o prefeito disse que “alguns sites de notícias (…) só mostram aquilo de ruim, mas o bom que a Polícia Militar e a Guarda fazem não mostram” e prossegue “temos feito muito mais prisões e autuações do que furtos e roubos.”

“Estamos fazendo a lição de casa. Alguns furtos e roubos acontecem na cidade. A gente gostaria que fosse zero (…) Não fique replicando notícias negativas por questões políticas. Estão fazendo um caos”, reclama. Antes de encerrar, Gaspar disse que “respeita opinião diferente” e que está “aberto a críticas”, mas se contradiz ao afirmar que é “contra estes órgãos de imprensa que só falam de coisa ruim, como se Indaiatuba fosse o pior lugar do mundo.”

Apesar de dizer que aceita críticas, o prefeito acumula pelo menos dois processos, contra uma notícia e contra uma piada. Um contra o jornalista do Comando Notícia, Hugo Antoneli Junior, e outro contra a página de humor do Facebook, Indaiatubanos. Neste segundo caso o Ministério Público mandou extinguir a ação. No primeiro ainda não houve a notificação.

foto: divulgação/arquivo